google ads

Como criar uma campanha de anúncios do Google para superar seus concorrentes

O marketing digital a cada dia se torna mais a fonte de investimento das empresas. Empresas investem pesado em Consultorias SEO, Agências de Link Building e Compra de Backlinks para posicionar sites no Google organicamente, em mídia paga (Google Ads e Facebook Ads) e em mídias Sociais. Mas você não precisa pagar mais para vencer a concorrência. Você só precisa das estratégias certas para criar uma campanha de anúncios do Google que deixe você vender mais e pagar menos.

Esteja você procurando desde vender acessórios para animais de estimação até produtos SaaS, os anúncios pay-per-click são uma das maneiras mais eficazes de atingir seu público-alvo.

Seus concorrentes também estão pagando – e podem ter orçamentos muito maiores. Ou, eles podem ter uma marca mais forte, para começar, facilitando a obtenção de clientes por meio de anúncios pagos.

Este artigo fornecerá o que você precisa saber para criar uma campanha bem-sucedida do Google Ads que se destaque e ajude a superar seus concorrentes,

O ROI médio dos anunciantes do Google é de R$ 2,00 em receita para cada R$ 1,00 de gasto. É o suficiente para experimentar os anúncios do Google?

Embora altamente eficazes, o Google Ads também é uma das áreas mais complexas do marketing digital, como qualquer profissional de marketing de PPC pode lhe confirmar.

As listas de palavras-chave podem ser longas, existem dezenas de opções de segmentação e campanhas erradas podem desperdiçar milhares de reais preciosos.

Além disso, sua empresa não é a única que está pagando para alcançar os clientes.

 

Descobrir quem é realmente a sua concorrência

Com muita frequência, as marcas fazem suposições sobre com quem estão competindo.

Às vezes isso é emocional – por exemplo, você quer ter mais sucesso do que alguém que começou na mesma época que você ou se formou na mesma faculdade. Outras vezes, as marcas apenas assumem que os nomes que mais ouvem são seus maiores concorrentes.

Mas, pode haver alguns que você não considerou.

Para descobrir quem realmente é a sua concorrência, o primeiro passo é uma boa e antiga pesquisa no Google sobre as principais palavras-chave relacionadas ao seu setor.

Digamos que você gerencie uma loja online que vende suprimentos para animais de estimação (Petshop).

Neste caso, a competição é somente nos resultados orgânicos e Google meu negócio, que mostra a empresa loja animal em destaque.

Esse é um termo-chave bastante amplo, no entanto. Vejamos os resultados de um item específico, como uma coleira de cachorro:

cachorros

Agora ao lado direito existem vários anunciantes vendendo este produto.

Petlove está no topo dos resultados orgânicos. Nos anúncios patrocinados encontramos Zee Dog, Petlove, Cobasi e Dogopets.

Todos eles são concorrentes e se você possui uma empresa pequena e em crescimento provavelmente não conseguirá competir com eles em volume de verba disponível para investimento.

Você precisará fazer uma chamada estratégica aqui – talvez você não faça lances para os principais termos da coleira, mas faça lances para termos nos quais você pode classificar e, em seguida, use seu site para aumentar as conversões nas coleiras.

Tudo depende dos seu negócio, é claro, mas a lição aqui é que você precisa saber quem são seus concorrentes reais antes de poder construir uma estratégia eficaz.

Caso contrário, você poderá desperdiçar milhares de reais em uma estratégia do Google Ads que não funcionará.

 

Compreenda mais profundamente sua concorrência

Depois de entender quem realmente é a sua concorrência, é hora de descobrir quais estratégias eles estão usando para ter sucesso.

O objetivo desta etapa é aprender, portanto (por enquanto) concentre-se nas empresas que estão se saindo melhor que você.

 

Use o Planejador de palavras-chave do Google

A ferramenta Planejador de palavras-chave do Google é uma mina de ouro para especialista em SEO ou Agência de SEO, além de profissionais de pesquisa paga.

Você pode pesquisar até 10 termos-chave de cada vez para entender se vale a pena oferecer algo.

A ferramenta fornece informações sobre a frequência com que os principais termos são pesquisados, estimativas de lances e fornece uma ideia de quão competitivo é cada termo.

Você também pode incluir seu site para obter sugestões de termos-chave mais personalizados.

Por exemplo, termos de comida de gato e comida de cachorro têm muita concorrência. Para marcas menores sem um orçamento pesado de PPC, esses termos podem estar fora de alcance.

No entanto, o Planejador de palavras-chave também pode ajudá-lo a encontrar algumas palavras com custo mais baixo. Ao classificar a concorrência de baixo para alto, você pode ver que existem vários termos-chave com uma concorrência muito menor.

“Filhote de cachorro continua derramando água” pode ser uma boa palavra-chave para um prato de água mais alto, por exemplo.

“Como fazer meu cachorro urinar no lugar certo” pode ser um termo que você pode segmentar com um anúncio um produto que auxilie cachorros a urinar em local adequado.

Esses termos mostram menos intenção de compra, para ser justo. Mas ainda pode valer a pena considerar.

A ferramenta de planejamento de palavras-chave passou por várias alterações recentemente. Se já faz algum tempo desde que você usou a ferramenta, talvez seja hora de aprimorar seus conhecimentos.

 

Use ferramentas de terceiros

Embora a ferramenta Planejador de palavras-chave do Google forneça uma grande quantidade de informações, você precisará trazer todo tipo de recurso quando estiver tentando ter sucesso com anúncios do Google.

SEMrush e Spyfu são ferramentas fantásticas que oferecem uma quantidade imensa de informações que você simplesmente não encontrará em uma ferramenta gratuita.

O SEMrush fornece dados sobre os principais termos de volume de pesquisa, CPC, tendências e muito mais. Ele também fornece exemplos de anúncios da concorrência (para que você possa ver o que outras marcas estão fazendo), resultados de pesquisa orgânica, termos-chave relacionados e muito mais.

É um pouco caro, mas existem muitos recursos além da pesquisa de palavras-chave que a tornam útil. Além disso, há uma avaliação gratuita de 7 dias.

SpyFu é tudo sobre descobrir o que seus concorrentes estão fazendo.

Você pode descobrir exatamente quais termos principais eles estão usando, quanto pagaram e quantos cliques receberam.

Isso significa que você pode ver o que funciona e pode até se poupar de testar uma estratégia que fracassará. Você também pode usar o Spyfu para identificar e rastrear marcas emergentes antes que elas assumam o controle.

O Spyfu fornece recomendações individuais para ajudá-lo a melhorar as campanhas, sugerindo palavras-chave que você ainda não está segmentando.

 

Pergunte por que

As ferramentas acima fornecerão enorme quantidade de informações, mas o que você fará com essas informações?

Agora é hora de perguntar: Por que seus concorrentes estão vencendo você? É fácil supor que eles simplesmente tenham mais dinheiro para gastar.

Mas, um pouco de autorreflexão irá percorrer um longo caminho aqui. Observe todos os aspectos – os termos que eles usam, as imagens que incluem, para onde vão os links etc.

Você pode usar a mesma estratégia ou similar, talvez em uma palavra-chave menos competitiva que eles não estejam alvejando?

 

Dê uma olhada em seus principais termos

A seleção das palavras-chave certas para sua campanha é fundamental para exibir seus anúncios aos clientes certos e é uma etapa básica que geralmente é negligenciada.

Comece criando uma lista das principais categorias da sua empresa e procure palavras ou frases que se enquadram em cada uma dessas categorias. Certifique-se de incluir as palavras que seus clientes usariam para descrever seus produtos ou serviços.

Para ficar com o exemplo do pet shop, você pode começar com algumas categorias básicas que os clientes usariam, como “comida de cachorro”. Termos-chave gerais geralmente são altamente competitivos.

Você também pode adicionar “ração seca” e “ração úmida” se descobrir que estes são termos comumente usados. Expanda sua lista ainda mais, incluindo nomes de marcas e produtos de itens que você carrega, como “Ração para cachorros purina”, entre outros.

Outra maneira de encontrar termos importantes é revisando os dados de pesquisa interna do site.

Você pode descobrir, por exemplo, que muitos usuários pesquisam “comida de gato para gatos siameses” ou “comida de cachorro sem grãos”. Podem ser termos que você deve considerar como segmentação.

Não se esqueça de revisar regularmente seus principais termos negativos para reduzir os gastos com anúncios em termos não relevantes.

A maioria dos profissionais de marketing não se preocupa em configurá-los ou define palavras-chave negativas uma vez e os esquece. Não cometa este erro!

 

Lance com termos de marca

As palavras-chave da marca podem ser termos de pesquisa que incluem o nome da sua marca ou o nome da marca do concorrente. Pode parecer inútil definir lances para sua própria marca, especialmente quando você acha que seu posicionamento orgânico terá uma classificação alta.

Se não, seus concorrentes aparecerão – e os anúncios deles serão exibidos acima das páginas orgânicas que você trabalhou duro para classificar.

A segmentação por termos de marca também facilita o envio de visitantes para uma página de destino segmentada, o que permite abordar pontos problemáticos muito específicos.

Pode parecer arriscado, mas você não quer arriscar que um concorrente roube os clientes que procuram sua marca.

 

Melhore seu Índice de qualidade

O Índice de qualidade é uma classificação que o Google usa para mostrar a relevância e a qualidade do seu anúncio.

A composição desse índice de qualidade começa desde a qualidade, estabilidade, velocidade da sua página até a qualidade dos seus anúncios. Fatores como uma boa hospedagem de site, um código leve e otimização de imagens e textos pesam neste momento.

Se os clientes clicarem constantemente em um complemento apenas para se perderem em um labirinto de conteúdo não relacionado, seu índice de qualidade sofrerá. E embora a criação de um anúncio de alta qualidade faça sentido lógico, há outro benefício a ser lembrado.

Na maioria dos casos, um índice de qualidade mais alto se correlaciona com um menor custo por conversão.

Lembre-se de que um ótimo Índice de qualidade é o Google, afirmando que seu anúncio atende às necessidades de seus clientes em potencial. Quando isso acontece, o Google cobra menos por clique – e você provavelmente verá uma taxa mais alta de conversões.

Comece criando páginas de destino dedicadas e usando inserções dinâmicas de palavras-chave para tornar seus anúncios mais relevantes. Apenas essas pequenas alterações podem economizar muito dinheiro com gastos com anúncios, aumentando seu Índice de qualidade.

 

Melhore sua estratégia de conversão

Em uma campanha bem-sucedida do Google Ads, os anúncios são apenas metade da equação.

Depois de ganhar esse clique, o que acontece?

  • Você os leva para uma página de destino ou sua página inicial?
  • Como você se envolve com eles?
  • Como você facilita o check-out?
  • Você pede um endereço de e-mail ou oferece uma consulta gratuita?
  • Você oferece um desconto ou avaliação gratuita para incentivá-los a dar o próximo passo?
  • Você está oferecendo aos clientes informações suficientes sobre os produtos ou serviços que você oferece?
  • Você inclui sinais de confiança, como HTTPs?
  • Você inclui a prova social e cases de clientes?

Depois de melhorar seus anúncios, você precisa garantir que você melhore todas as partes do processo de conversão.

 

Conclusão

O Google Ads pode ser um negócio cruel.

As marcas fazem lances para outras marcas, os profissionais de marketing gastam milhares de reais tentando novas estratégias e apenas os dois ou três principais anúncios obtêm tráfego real.

Pode ser frustrante, mas (felizmente) os índices de qualidade nivelam bem a disputa.

Não se preocupe em não ter o mesmo investimento de grandes players de seu mercado.

Preocupe-se em criar um anúncio segmentado e em fornecer aos clientes as informações necessárias para tomar uma decisão informada.

E, independentemente do desempenho da sua campanha atual, verifique se você está testando e tentando novas estratégias.

Isso o manterá um passo à frente da concorrência.

Visite também: webtrends.net.br/agencia-de-branding

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *