vendas

10 Ferramentas de Marketing para Vender mais na Crise

Um estágio econômico difícil e instabilidade política como a que estamos passando passa sem dúvida para continuar investindo em marketing e, principalmente, nas ferramentas de marketing que nos ajudarão a vender mais e melhor. Além disso, deve-se lembrar que uma crise se torna uma fonte inesgotável de novas oportunidades, não sejamos arrastados pelo desânimo.

vendas

Quais são as ferramentas de marketing?

Devemos sempre pensar positivo e re-inspirar toda a equipe sobre o projeto e os objetivos. Portanto, indico abaixo as ferramentas essenciais de marketing para se beneficiar da crise.

Auditoria de marketing

Uma ferramenta de marketing e trabalho que nos permite analisar e avaliar os programas e ações da área Comercial e Marketing de uma empresa, bem como sua adaptação ao ambiente e à situação do momento.

Em poucas palavras, examina todos os departamentos da empresa e detecta as oportunidades e ameaças , ou o que é ainda mais importante, indica as áreas de melhoria nas quais atuar para aumentar a lucratividade da empresa, evitar possíveis crises, lidar com flutuações de mercado Agir de forma preventiva é o mais lucrativo, pois nos ajudará a marcar as possíveis tendências futuras e a prever mudanças no modelo de negócios, portanto, a auditoria de marketing não deve ser realizada apenas em momentos de crise, mas periodicamente e periodicamente.

Comunicação corporativa

A publicidade perdeu destaque e deixou de ser a única opção válida para introduzir uma mensagem no mercado, dando lugar a uma nova etapa mais imaginativa: comunicação integral, uma ferramenta estratégica essencial em qualquer empresa que queira estar bem posicionada no mercado. mercado.

Através dele, trazeremos ao mercado a imagem que queremos ter da nossa empresa, colocar na mente do cliente uma série de valores próprios que nos definem e fornecem uma identidade diferenciadora à nossa marca, o que nos permitirá nos posicionar de forma mais competitiva. Da mesma forma, uma política de comunicação interna deve ser elaborada , ou seja, aquela que é endereçada diretamente ao cliente ou trabalhador interno.

Inovação

O pior dos erros é sempre fazer o mesmo e esperar resultados diferentes, para que a inovação se torne uma ferramenta essencial para ser competitiva. Atualmente, o ciclo de vida do produto foi reduzido. Portanto, a inovação deve estar na cultura cotidiana e transmitida a todos os departamentos, pois é o que distingue uma empresa líder de outras.

Pensamento Lateral

Dia após dia, o mercado é mais exigente e apresenta novos desafios; portanto, devemos nos diferenciar dos outros, começar a pensar lateralmente com novas idéias e não devemos nos importar em cometer erros no início, pois eles fazem parte da cultura da empresa. Inovação, Marketing e Comunicação são duas áreas em que a criatividade assume um grande papel.

Mudanças no estilo de vida

A plena incorporação das mulheres no mundo do trabalho, o surgimento de novos segmentos, como solteiros, idosos, … todos com alta renda, mudanças tecnológicas, destaque na distribuição, maior treinamento e informação dos consumidores, além de uma crescente conscientização do meio ambiente, eles estão marcando e descobrindo novos mercados e produtos.

Equipes de vendas

As equipes de vendas sofreram uma grande transformação nesses anos. No entanto, hoje em dia é muito difícil encontrar bons comerciais com a qualificação exigida pelas empresas. Passou do vendedor que despachou e às vezes vendeu para o profissional de vendas que, com uma formação cultural universitária, tornou-se consultor de clientes, contribuindo com grande valor agregado.

No entanto, é uma saída profissional que, até o momento, não é avaliada qualitativamente, pois o termo vendedor geralmente é subvalorizado, quando a viabilidade da empresa depende em muitos casos. Portanto, o futuro é fornecer à equipe de vendas um manual de vendas.

A marca

Tornou-se uma das melhores ferramentas de marketing e estratégia para proteger e aprimorar os ativos das empresas. Cada vez que os produtos são mais parecidos entre si e é mais difícil para os consumidores distinguir seus atributos.

A marca, além de ser o principal identificador do produto, é uma garantia que lhe confere e a coloca em um nível superior, ao construir uma verdadeira identidade e relacionamento emocional com os consumidores, não devemos esquecer que os produtos são fabricados em a fábrica, mas a marca é feita na mente do consumidor.

Internet

Foi a grande revolução, o boom que nos forçou e continuará a nos forçar a adaptar e fortalecer as ferramentas de marketing digital  nas estratégias de marketing de negócios.

Após a crise da pontocom, a Internet é apresentada como um todo no marketing, pois nos ajuda a conhecer e investigar o mercado, é um produto ou serviço que as empresas precisam saber como lidar, é um magnífico canal de distribuição, nos ajuda comercializar nossa empresa e surgiu como um magnífico meio de comunicação para nos posicionar estrategicamente.

Portanto, reúne todas as variáveis ​​de marketing. Portanto, a empresa que não está presente profissionalmente na Internet dificilmente será competitiva.

Marketing de confrontação

Um termo que me permitiu cunhar e criar para contribuir com meu grão de areia para o grande dicionário de marketing. Foi precisamente quando ouvi Philip Kotler falar sobre marketing paralelo, quando cheguei à convicção de que deveria dar um nome a um “know how” ou “know-how” que venho praticando há algum tempo.

Essa técnica é identificar a estratégia de marketing com um jogo de xadrez em que o tabuleiro é o mercado e as fichas são contra a nossa concorrência. Mas nós realmente sabemos quem é essa competição? Não devemos esquecer que nem sempre ela adquire a mesma forma e que, como as peças de xadrez, deve ser movida de maneira diferente.

Marketing direto

Tornou-se o meio de comunicação externa que a maioria das empresas espanholas investe. Permite segmentar o mercado em compartimentos ou alvos bem definidos e avaliar os resultados de maneira direta e mensurável, além de promover produtos ou serviços utilizando meios ou sistemas de contato direto.

Os mais proeminentes são as correspondências nos níveis “off-line” e “on-line” e telemarketing. Os “Call Centers” experimentaram um grande crescimento nos últimos anos, no entanto, sua verdadeira eficácia está sendo questionada. Nesta área, a atualização e operacionalidade do banco de dados, assunto pendente das empresas, adquire maior destaque, bem como o serviço ao cliente fornecido, pois pode se tornar uma atividade a favor ou contra a empresa.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *