O que são semicondutores e para que são usados?

Um material semicondutor é aquele que em determinadas circunstâncias permite a passagem de corrente elétrica, enquanto que, se houver outras diferentes, impede a transmissão de corrente elétrica e atua como isolante. Porém, quando falamos em semicondutores de uma forma mais coloquial e nos referimos ao mundo automotivo (e eletrônica em geral), estamos nos referindo àquela série de “chips” e elementos que encontramos em uma placa eletrônica e que efetivamente, materiais semicondutores como o silício são usados ​​para sua fabricação.

O que é um semicondutor?

Um semi condutor é todo aquele material que pode atuar tanto como condutor permitindo a passagem de uma corrente elétrica ou como isolante impedindo-a de acordo com diversos fatores como a temperatura ambiente, o tipo de estrutura atômica do mesmo ou o campo elétrico ou magnético ao qual Portanto, encontramos na natureza vários materiais semicondutores, entre os quais se destacam o silício (Si) e o germânio (Ge) pelo seu maior uso industrial, embora existam também outros menos difundidos como o enxofre (S), o boro (B) ou cádmio (Cd).

Porém, para este uso industrial, não se utiliza silício ou germânio em seu estado puro, que são conhecidos como semicondutores intrínsecos, mas sim os chamados semicondutores extrínsecos, que nada mais são do que um semicondutor natural com impurezas obtidas por meio de um processo de dopagem.

Por que um semicondutor conduz ou não conduz eletricidade?

Agora, o que há de especial nesses materiais para permitir que a corrente elétrica passe às vezes sim, às vezes não? Deixando de lado a precisão química e física, vamos nos concentrar em dois tipos típicos de semicondutores para ilustrar essa pequena explicação: silício com impurezas de fósforo e silício com impurezas de alumínio.

Se você se lembrar dessas aulas de química, podemos pensar em um átomo como se fosse o Sistema Solar : no centro está o núcleo e os elétrons giram em torno dele. Com exceção da primeira órbita que só pode ter dois elétrons, as demais têm espaço para oito deles e, de fato, os átomos “querem” ter sempre todas as suas órbitas (tecnicamente chamadas orbitais) completas para atingir o estado mais estável possível .

No caso dos semicondutores do tipo p , dentro dos quais o silício é enquadrado com impurezas de alumínio , há uma ligação covalente em que ambos os átomos compartilham os elétrons de suas últimas órbitas, resultando em um total de sete nessa última camada (quatro de silício e três de alumínio). O problema é que ainda falta mais um elétron para completá-lo e, no momento em que o “captura”, um material com carga negativa é criado .

Em contraste, em semicondutores do tipo n , como o silício com impurezas de fósforo, ocorre o contrário. Nesse caso, temos quatro elétrons do silício e cinco do fósforo, então é necessário lançar um elétron para chegar a essa órbita de oito, o que dá origem a um material carregado negativamente .

Bem, a “mágica” ocorre quando um semicondutor do tipo n é contatado com um semicondutor do tipo p e conectado a uma fonte elétrica. Se o pólo positivo coincidir com o tipo p carregado negativamente, diz-se que ocorre uma polarização direta que permite a passagem de eletricidade. Ao contrário, se o pólo positivo estiver conectado ao tipo n, também carregado positivamente, a polarização é inversa e ele atuaria como isolante.

Por que isso está acontecendo? A forma mais imediata é pensar que no caso de polarização reversa, ao conectar o pólo positivo com o tipo n de igual polaridade “cargas do mesmo sinal se repelem” , enquanto o inverso se atraem e assim o faz permitem a circulação de elétrons, ou seja, de uma corrente elétrica, que nada mais é do que um fluxo de cargas negativas.

Para que são usados ​​os semicondutores?

A aplicação mais imediata de um semicondutor é a de um diodo , entre os quais estão os conhecidos diodos emissores de luz ou LEDs. Assim, dependendo do tipo de deusa, pode-se modular e / ou retificar um sinal para obter luz, ou ainda converter corrente alternada em corrente contínua.

No entanto, a aplicação mais importante de semicondutores está na fabricação de transistores. Esses dispositivos, que podem ser do tipo npn ou pnp, permitem obter um sinal de saída em resposta a uma entrada e, desde sua invenção em 1947, representaram uma pequena grande revolução na eletrônica de consumo, deixando para trás os vazios mais volumosos, caros e menos confiáveis tubos.

Obras civis: tudo o que você precisa saber

A  obra civil é a infraestrutura projetada para a população. Eles podem ser estradas, pontes, represas ou sistema de esgoto; mas também pode ser a reforma ou reabilitação de infraestruturas. São intervenções necessárias para garantir a estrutura das nossas cidades. Como membros da sociedade, os cidadãos se beneficiam diretamente desse tipo de trabalho. Eles são essenciais para que possamos desfrutar de uma alta qualidade de vida.

Tipos de obra civil

Nem sempre é fácil classificar os diferentes tipos de obras existentes. O melhor que podemos fazer é diferenciar entre trabalho horizontal e trabalho vertical. As horizontais são aquelas que se constroem na superfície, unindo dois pontos fixos. Podemos lê-los no eixo X de um plano cartesiano. Por sua vez, os trabalhos verticais são executados de um ponto para cima da superfície. Por sua vez, podemos dividir esses dois tipos de obras em subtipos diferentes.

Obras horizontais

Levando em consideração seu tamanho e características, você pode encontrar até seis categorias diferentes de obras horizontais. A primeira delas é a construção de estradas com camada rolante, que inclui tanto o asfaltamento quanto a pavimentação ou pavimentação das estradas. A segunda seria a construção de sistemas de águas pluviais, como esgotos, calhas e canais, rampas ou vaus. Aqui também podemos incluir pontes, tanto para pessoas como para veículos.

A construção de caminhos pedonais como plataformas e avenidas ou a construção de estradas rurais são mais duas categorias. Neste último, você não pode ignorar a reabilitação das estradas. Os dois tipos de trabalho horizontal que ainda precisam ser mencionados estão relacionados à água. Por um lado, temos a construção de sistemas sanitários, como esgotos ou usinas de tratamento de efluentes. Por outro lado, a água potável e a construção de aquedutos rurais ou urbanos.

Obras verticais

Você pode diferenciá-los de acordo com os setores (social, econômico, produtivo), mas também por tamanho ou acabamentos. Isso inclui lares, centros educacionais, centros de saúde ou residências para idosos. As infraestruturas como parques, refeitórios infantis, mercados ou instalações desportivas também devem ser incluídas nesta secção. O mesmo vale para pontos de ônibus, bibliotecas, centros recreativos ou trilhas, para citar alguns exemplos.

Veja também: Descubra mais sobre construção civil agora mesmo.

Características de um projeto de obra civil

Geralmente, nos deparamos com projetos grandes e muito complexos. Representam um ótimo desdobramento, tanto de trabalhadores quanto de recursos materiais, exigindo uma grande organização para seu bom desenvolvimento. Logicamente, isso implica altos custos de execução e produção, tanto para os trabalhadores necessários quanto para o material. Complexidade é certamente a palavra com que melhor podemos definir este tipo de trabalhos, embora, felizmente, nos permitam desenvolver diferentes tarefas e ações ao mesmo tempo. Assim, os trabalhos podem progredir em um ritmo mais rápido.

Esse porte também exige que tenhamos uma equipe de supervisão, direção e controle que cuida do monitoramento. Não podemos deixá-lo nas mãos de uma única pessoa. Outro aspecto a considerar é o design de longo prazo. Pelas suas características e pela complexidade que implicam, as obras civis são habitualmente concebidas e planeadas para execução a longo prazo. Na verdade, é comum dividir o projeto em fases. Dentro de um projeto, temos diferentes minifases ou projetos menores, o que nos permite executá-los com mais facilidade.

Etapas do projeto de obras civis

Podemos diferenciar até oito estágios diferentes antes de ver o projeto de obra civil concluído . Em primeiro lugar, devemos identificar a necessidade respondendo a uma pergunta muito simples: por que essa construção é necessária? Em seguida, temos que escolher o local ideal. É uma questão chave para as fases seguintes, começando pelo cálculo prévio do investimento.

A partir desse cálculo, estudaremos as diferentes opções de financiamento da obra, como empréstimos, créditos ou subsídios. Assim que a questão econômica for resolvida, teremos que solicitar autorizações e licenças de trabalho, além de outros procedimentos. Com as permissões na tabela, passamos ao projeto: plantas, esboços e cálculos necessários para visualizar o resultado antes de começar.

O penúltimo passo será o concurso. No caso de obras civis, temos que oferecer o projeto a um empreiteiro ou a uma instituição. Se o projeto é seu, basta divulgá-lo entre todos os interessados. Por fim, chegamos à fase de execução, na qual ocorre a construção da obra. Será feito seguindo as diferentes fases de construção que definimos no projeto ou no contrato de licitação.

Em resumo, podemos chegar à conclusão de que nós, cidadãos, aproveitamos as obras de construção civil. Estradas, hospitais, escolas, pontes ou rede de esgoto são exemplos que vemos e usamos no dia a dia. Do momento em que um projeto é proposto até o vermos concluído, é possível que passe algum tempo, devido às suas diferentes etapas. Mesmo assim, sem a engenharia civil a vida seria muito diferente de como a conhecemos hoje.

Diferenças entre obras civis e obras públicas

Neste ponto, você pode pensar que uma obra civil e uma obra pública são a mesma coisa. No entanto, encontramos uma série de nuances que nos permitem diferenciá-los. Assim, as obras civis são destinadas à população, mas podem ter uma nuance particular. Já as obras públicas incluem as obras planejadas e executadas pela Administração.

Como regra geral, as obras públicas são civis; mas podemos encontrar obras civis privadas. O privado é promovido por um indivíduo ou por uma organização externa ao governo. Os cidadãos não podem acessá-los sem pagar pelo seu uso, e eles apenas beneficiam seus proprietários.

Um bom exemplo disso são as rodovias. São obras civis privadas, pois apesar de possuírem recursos públicos, são administradas por empresas privadas. Se, como cidadãos, queremos usufruir destas obras, teremos de pagar a portagem para as usufruir. Outro exemplo muito gráfico são os parques. Se for feito pela Câmara Municipal, estamos a falar de obras públicas civis e todos podemos desfrutar. Por outro lado, quando uma comunidade de vizinhos os constrói apenas para seus vizinhos, estamos diante de uma obra civil privada.

Estudando em uma pandemia: segredos para fazer isso com sucesso

Para estudar com sucesso, é importante distribuir e organizar adequadamente as tarefas e atividades diárias. A pandemia COVID-19 trouxe uma série de mudanças na vida de muitos jovens, que tiveram que se adaptar ao “novo normal” e receber suas aulas virtualmente. Este tem sido um grande desafio, pois os espaços onde antes estudavam foram transferidos para um único local: a casa, o que tem gerado problemas de concentração e produtividade.

Saiba mais: senac cursos gratuitos online, confira agora.

É muito importante que os alunos apliquem uma série de técnicas para aprender melhor e aumentar sua produtividade. Para isso, o apoio da família nesse processo é muito importante.

  1. Prepare um local para estudar. Encontre um espaço adequado onde você possa aprender suas aulas com facilidade. Certifique-se de que tem uma boa iluminação e está o mais longe possível de ruídos e outras distrações em casa.
  2. Evite estudar na cama.   Se o fizer, diminuirá significativamente a sua produtividade, porque o seu cérebro irá associar isso ao descanso e você pode adormecer. Em vez disso, encontre uma mesa e uma cadeira confortáveis ​​para se preparar para seus cursos e exames.
  3. Planeje seus brincos. Começar o dia ou a semana de maneira organizada o ajudará a ter um melhor desempenho nos estudos. Portanto, estabeleça um cronograma para cada curso e saiba as datas-chave dos exames, trabalhos de grupo e exposições para que você possa se preparar com antecedência.
  4. Aplicar algumas técnicas de estudo . Todos nós temos uma maneira particular de aprender. Diante disso, procure técnicas que atendam às suas necessidades. Por exemplo, você pode sublinhar as partes mais importantes de sua leitura, fazer mapas conceituais ou escrever resumos.
  5. Revise todos os dias. Não é o suficiente apenas para os exames. Seja consistente e disciplinado e tente estudar permanentemente. Isso ajudará a construir um hábito de estudo e evitar o estresse.
  6. Evite telefones celulares e outros dispositivos que possam distraí-lo. Ao estudar, concentre-se em suas aulas para que possa captar todas as informações sem problemas. Coloque seu dispositivo móvel em outro lugar ou silencie as notificações.
  7. Pergunte durante suas aulas. Se você não entende ou não foi claro sobre um assunto, não tenha medo ou vergonha de perguntar aos seus professores durante as aulas virtuais. Lembre-se de que cada um de nós aprende algo novo todos os dias.
  8. Faça pausas. Seu cérebro precisa de uma pausa para continuar atuando. Os especialistas recomendam estudar em períodos de 40 a 50 minutos e descansar por cerca de 10 minutos. Assim, você evitará no futuro problemas de saúde, como dores de cabeça, estresse, ansiedade e cansaço.
  9. Descanse o suficiente. Você não obterá a melhor nota se acordar cedo para os exames ou apenas dormir algumas horas durante a semana; pelo contrário, isso pode ser prejudicial à sua saúde. Para ser mais produtivo e obter bons resultados, descanse de sete a oito horas por dia.
  10. Relaxe em seu tempo livre. Nem tudo é estudo, nossa mente e corpo precisam de momentos de diversão e descanso. Por isso, nos finais de semana reserve algumas horas para fazer atividades recreativas de que goste, como pintar, tocar um instrumento, correr ou praticar algum esporte.
  11. Procure ajuda se precisar . Nem todos os cursos serão fáceis para nós. Se você estiver tendo problemas com um assunto, não hesite em pedir ajuda a seus professores e colegas.

Os benefícios do trabalho offshore

Trabalhar no exterior é desafiador e altamente recompensador. Da construção naval à pesquisa e desenvolvimento, uma carreira offshore pode levar você ao redor do mundo, da Índia e China à América do Sul e Mar do Norte.

Essas indústrias estão sempre evoluindo, são rápidas e desafiadoras. Eles oferecem a oportunidade de construir uma carreira que é sempre interessante, onde a inovação e a resolução de problemas estão na ordem do dia.

Mas quais são os benefícios do trabalho offshore? Se você optar por trabalhar como freelance, poderá desfrutar de uma carreira variada e de altas taxas de remuneração. Mesmo na busca global pela neutralidade do carbono, ainda existem muitas oportunidades para aproveitar a vida offshore.

Veja a seguir: Confira Profissões Offshore.

Benefícios

Flexibilidade de trabalho

A maioria dos empregos offshore oferece um padrão de trabalho flexível e não são regidos pela diretiva de horário de trabalho. A menos que você trabalhe em um escritório, não há 9 às 5 e você possivelmente estará viajando de helicóptero. Por exemplo, você pode trabalhar por 14 ou 28 dias e depois voltar para a costa pelo mesmo período de tempo.

O trabalho offshore pode envolver alguns dos ambientes mais adversos do planeta, combinados com os desafios físicos e psicológicos de trabalhar em um árduo padrão de turnos. O padrão de trabalho flexível e a oportunidade de escolher e escolher contratos ajudam a manter o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, mas trabalhar fora por longos períodos de tempo é inevitável.

Aumento da remuneração

Um dos maiores benefícios para os trabalhadores offshore são as taxas de pagamento mais altas. Se você trabalha como contratado, pode esperar um pagamento bruto, pois as deduções normais de impostos e NIC não serão feitas na fonte. O uso de freelancers economiza custos em projetos de construção offshore, permitindo-lhes pagar taxas mais altas para atrair os melhores talentos.

Trabalhe na vanguarda

Se você deseja se envolver com tecnologia moderna, trabalhar no exterior o coloca na vanguarda da inovação tecnológica. Você pode não desfrutar de benefícios de treinamento específicos, mas existem oportunidades inestimáveis ​​para aprender no trabalho, trabalhando com os novos métodos e implementação da tecnologia mais recente.

Escolha o seu ambiente de trabalho

Se ‘plataforma de petróleo’ é a primeira coisa que vem à mente quando você pensa em trabalho offshore, você ficará surpreso com a quantidade de ambientes de trabalho diferentes que uma plataforma de petróleo oferece. De funcionários de cozinha a pilotos de helicóptero, o trabalho offshore na indústria de gás e petróleo oferece muitas oportunidades diversas.

Embora o trabalho em plataformas offshore possa ser difícil, mas recompensador [6], existem outras oportunidades de contratação offshore que são tão diversas em uma indústria global que está constantemente se diversificando. Geólogos de petróleo viajam pelo mundo pesquisando locais de perfuração viáveis, enquanto engenheiros submarinos avaliarão o trabalho que está ocorrendo abaixo da superfície. Se você gosta de trabalho árduo, grandes recompensas e a oportunidade de inovar e solucionar problemas, uma vida trabalhando offshore pode oferecer os desafios que você deseja.

Melhore o seu CV

Se o seu setor atual está enfrentando perdas de empregos ou é hora de um pivô de carreira, trabalhar no exterior oferece caminhos para o trabalho freelancer altamente remunerado, graças à transferibilidade de suas qualificações e habilidades existentes.

Você terá a chance de colocar em prática habilidades como coordenação física e destreza e testar sua coragem em situações de alta pressão. Se você é um excelente comunicador com um alto grau de inteligência emocional, trabalhar no exterior será adequado para você. É uma chance de aprimorar seu currículo, demonstrando sua resiliência e capacidade de trabalhar em equipe.

Seja seu próprio patrão

A escolha de trabalhar como empreiteiro na indústria offshore proporciona maior renda, maior flexibilidade e a oportunidade de moldar sua própria carreira. Ao lidar com diferentes culturas e ambientes, você ampliará seu conjunto de habilidades, ganhará uma experiência inestimável de áreas especializadas e estenderá sua base de networking.

Trabalhar no exterior oferece oportunidades incomparáveis ​​de escolher onde e quando trabalhar e de economizar para férias, propriedade e um futuro financeiro seguro. Ser seu próprio patrão permite que você teste suas capacidades em diferentes ambientes e aproveite o tipo de carreira dinâmica que pode não estar disponível em terra.

Por Que A Construção É Tão Lenta Na América?

A construção é lenta na América, em primeiro lugar por causa da burocracia envolvida em qualquer projeto de construção e, em segundo lugar, porque é caro .

A América é considerada uma das poucas nações do mundo que são altamente regulamentadas. Portanto, espera-se que antes que qualquer projeto de construção possa ser lançado, alguns padrões devem ser alcançados.

São esses regulamentos que podem contribuir para um atraso nas atividades de construção.

A construção também é um assunto caro e, portanto, um projeto avança dependendo de quanto você entrega a um empreiteiro naquele momento específico.

Às vezes, os empreiteiros podem optar por reduzir o tamanho dos trabalhadores no local, o que por sua vez retarda um projeto de construção. Tudo isso é influenciado pelos custos.

Como você sabe, os projetos de construção variam dependendo do tipo , tamanho e orçamento de construção. Portanto, os fatores que contribuem para um projeto lento também podem diferir de acordo.

Confira também: Empregos na construção civil nos Estados Unidos

Neste artigo, tentei reunir os diferentes fatores que podem levar a um projeto de construção lento.

Burocracia Envolvida Em Um Projeto De Construção

Impacto No Meio Ambiente

Antes do início de qualquer projeto de construção, a EPA ( Agência de Proteção Ambiental ) exige a realização de um estudo para avaliar o impacto potencial do projeto no meio ambiente. Este é o mandato do setor de construção.

O proprietário do projeto de construção deve provar, sem qualquer dúvida razoável, que o projeto de construção não afetará o meio ambiente de forma negativa.

Isso se aplica a todos os tipos de construção, desde casas a estradas e qualquer outro projeto de desenvolvimento.

Impacto Na Qualidade De Vida

A construção tem um impacto direto sobre o tipo de vida que as pessoas vivem, especialmente as da comunidade imediata.

A fim de minimizar quaisquer riscos potenciais à saúde , a conscientização da comunidade deve ser realizada. Esse processo pode ser demorado, o que significa que os projetos de construção podem ser um pouco mais lentos do que o esperado.

Medidas De Segurança Para Trabalhadores Da Construção

Em todas as fases do trabalho de construção, medidas de segurança devem ser implementadas e também inspecionadas. Em caso de acidente, todas as atividades no canteiro de obras devem ser interrompidas até que o acidente seja solucionado.

OSHA (Administração de Segurança e Saúde Ocupacional) estabeleceu diretrizes que devem ser seguidas para garantir a segurança antes de qualquer projeto de construção decolar.

Quanto Tempo Leva Para Preparar Um Local Para Construção?

Vários fatores afetam a duração necessária para preparar um canteiro de obras para o trabalho. No entanto, na maioria dos casos, leva de 3 dias a 3 semanas para deixar um local pronto para construção.

O Que É Preparação Do Local Na Construção?

Basicamente, a preparação do local envolve a limpeza do local de quaisquer materiais indesejados, ou seja, árvores, detritos, pedras, etc.

Isso é seguido pela escavação e configuração do local. O processo de montagem do site consiste em trazer todo o equipamento e material necessário para iniciar a construção.

Escavação E Como Funciona

Escavação é o processo de derrubar o solo e cavar as fundações para a construção.

As ferramentas que você usa variam dependendo do tipo de projeto. Você pode usar ferramentas manuais simples ou máquinas pesadas, como escavadeiras.

A escavação é um processo que ocorre em etapas:

  • Colocando benchmarks de canto
  • Pesquisa de site
  • Escavação definida
  • Limpeza de solo solto
  • Marcação de nível de corte
  • Construção de trincheiras e poços de desidratação
  • Identificando os limites da construção
  • Construção de ralos de proteção
  • Escolhendo Uma Equipe De Escavação

Como mencionei antes, a escavação envolve a criação da fundação de um edifício. Portanto, é muito importante ter as pessoas certas para fazer o trabalho por você.

A resistência e durabilidade do seu edifício dependem de quem faz a escavação para você. Por causa desse aspecto, é vital que você faça uma pesquisa completa sobre os prestadores de serviços profissionais.

Você pode consegui-lo realizando uma pesquisa na internet em busca de escavadeiras profissionais em sua área.

Isso é muito difícil de fazer? Claro que não.

Por Que A Construção De Estradas Demora Tanto Para Ser Concluída?

A construção de estradas na América é normalmente lenta devido a vários motivos. Além dos mencionados anteriormente, os dois motivos mais comuns são o custo e o tráfego rodoviário .

O custo da construção de estradas é um fator importante, pois obriga os empreiteiros a trabalhar apenas durante o dia e não 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Principalmente porque eles não podem pagar dinheiro extra aos trabalhadores para os turnos noturnos. Além disso, eles também precisarão fornecer iluminação durante a noite, o que pode ter um custo extra.

O tráfego rodoviário impede a construção rápida de estradas, pois as rodovias não podem ser bloqueadas permanentemente sem oferecer uma via alternativa.

Portanto, os empreiteiros são forçados a fazer menos trabalho, pois dão lugar aos motoristas.

Financiamento também é outra razão importante para a demora em estradas nos Estados Unidos. O governo leva muito tempo para deliberar sobre a origem dos fundos e, em muitos casos, eles financiam em fases.

Esse estilo de financiamento obriga os empreiteiros a interromper um projeto quando não há dinheiro fluindo em sua direção.

Os Trabalhadores Da Construção Dos EUA São Preguiçosos?

Os trabalhadores da construção americanos definitivamente não são preguiçosos. Eles não são a razão pela qual a construção é lenta na América.

A razão pela qual eles parecem ser lentos é porque eles têm suas mãos em vários projetos e dão prioridade ao contrato com melhor pagamento.

Por exemplo, aconteceu de eu estar trabalhando em dois canteiros de obras ao mesmo tempo. Um deles estava pagando o dobro do outro e havia incentivos para terminar o trabalho mais rápido.

É senso comum que, se você estivesse no meu lugar, daria prioridade a empregos que paguem melhor. Não faria sentido priorizar o trabalho menos remunerado, pois tenho contas a pagar e uma família para cuidar.

É esse tipo de situação que resulta na lentidão da construção na América.

Da mesma forma, os proprietários de canteiros de obras privados podem ficar sem fundos no meio do projeto e forçar os trabalhadores a largarem as ferramentas.

A construção é interrompida até que mais dinheiro esteja disponível para continuar com o projeto. Como resultado, o processo de construção é significativamente retardado.

Em resumo, a construção é tão lenta na América devido ao seu custo, burocracia e salários. Quanto melhor o pagamento, mais rápido o projeto e vice-versa. Muitos regulamentos estão no centro dos atrasos na construção.

Os maiores navios de contêineres em 2021

Desde o recente bloqueio no Canal de Suez, ele colocou grandes navios porta-contêineres no centro das atenções. Enquanto o cargueiro preso “Ever Dado” é um dos maiores navios do mundo, existem alguns outros gigantes marinhos que até ultrapassam a capacidade deste gigante. O que o Top 10 desses navios tem em comum é um comprimento de cerca de 400 metros, que é quase tão alto quanto o Empire State Building se virado para cima.

Conheça também o Maior Navio Cargueiro do Mundo.

Aqui estão os 10 maiores navios porta-contêineres do mundo em 2021 com base na capacidade de unidade equivalente de vinte pés (TEU):

Ever Golden – 20.124 a 20.160 TEU

O navio irmão do (in) famoso cargueiro gigante Ever Given tem uma tonelagem de porte bruto elevado (TPB) de 218.000 toneladas métricas (MT), seu comprimento é de 400 metros e tem uma largura de 58,8 metros, o que o torna mais longo que quatro campos de futebol combinado. Tem uma capacidade de 20.124 a 20.160 TEU e é o primeiro navio porta-contentores de 20.000 TEU – entre os seus navios irmãos Ever Goods, Genius, Given e Gifted – a ser entregue ao gigante de transporte de carga de Taiwan EVERGREEN que o opera atualmente.

Madrid Maersk – 20.568 TEU

O Madrid Maersk, o segundo navio a ultrapassar a marca dos 20.000 TEU, foi construído em 2017 na Coreia do Sul. A embarcação é o carro – chefe da Maersk Line , com capacidade máxima de 20.568 TEU e pouco mais de 1.300 pés de comprimento.

CMA CGM Antoine De Saint Exupery – 20.954 TEU

Com o nome do autor e aviador francês Antoine De Saint Exupery, este navio tem capacidade para 20.954 TEU, o que o torna o maior porta-contentores a navegar sob bandeira francesa. Tem 400 metros de comprimento e 59 metros de largura. É uma embarcação amiga do ambiente , que possui motor de nova geração e barbatana torcida Becker para reduzir o consumo de óleo – (25%) e as emissões de dióxido de carbono (-4). Possui ainda um sistema de filtros e lâmpadas UV para o tratamento da água de lastro que garante maior proteção da biodiversidade marinha.

COSCO Shipping Universe – 21 , 237 TEU

Este cargueiro, com capacidade de carga de 21.237 TEU , é o maior cargueiro da China. Tem 400 metros de comprimento e 58,6 metros de largura. Para desempenho ideal e maior eficiência de combustível, o navio está equipado com turbocompressores ABB que ajudam a atingir a velocidade máxima de 22 milhas náuticas por hora.

OOCL Hong Kong – 21.413 TEU

A OOCL Hong Kong tem uma capacidade de carga de 21.413 TEU . Possui comprimento de 399,87 metros, largura de 58,8 metros e profundidade de 32,5 metros. A OOCL Hong Kong atende a rota comercial do Leste Asiático ao Norte da Europa sob a bandeira de Hong Kong. O navio é o primeiro de seis navios idênticos encomendados pela OOCL por um custo total de $ 950 milhões.

HMM Oslo – 23.000

O HMM Oslo, junto com seus navios irmãos HMM Algeciras e HMM Copenhagen, fez sua viagem inaugural em 2020. Tem 400 metros de comprimento e 61,50 metros de largura com um calado máximo de 16,50 metros. HMM Oslo também tem uma capacidade de carga de 23.000 TEU .

CMA CGM Jacques Saadé – 23.112 TEU

Jacques Saadé, da CMA CGM, é um dos maiores navios porta-contêineres movido a gás natural liquefeito (GNL). A embarcação tem capacidade para 23.112 TEU e mede 400 metros de comprimento, sendo 61 metros no ponto mais largo e 78 metros de altura.

MSC Mina – 23.656 TEU

A MSC Mina tem uma capacidade de transporte de contêineres de 23.656 TEU e tem aproximadamente 400 metros de comprimento e 61 metros de largura. O navio pode transportar o equivalente a cerca de 384 milhões de pares de sapatos ou 47.312 carros . A embarcação aparentemente também está equipada com mais de 2.000 contêineres refrigerados , o que impulsiona o comércio de alimentos, bebidas, produtos farmacêuticos e outros itens refrigerados e congelados entre a Ásia e a Europa. Isso provavelmente também é verdade para seu navio irmão, o MSC Gülsün .

MSC Gülsün – 23.756 TEU

O MSC Gulsun na época de seu lançamento em 2019 era o maior navio de contêineres do mundo . A embarcação, construída pela Samsung Heavy Industries na Coreia do Sul, tem capacidade para 23.756 TEU. É a primeira embarcação desse tipo capaz de transportar 24 contêineres lado a lado em toda a largura de seu casco. O navio tem 400 metros de comprimento e 62 metros de largura.

HMM Algeciras – 23.964 TEU

O HMM Algeciras é o maior porta-contêineres do mundo , com capacidade de 23.964 TEU , e é considerado um dos porta-contêineres mais avançados tecnologicamente do mundo. O navio de bandeira do Panamá tem 399,9 metros de comprimento e 33,2 metros de profundidade. Sua capacidade é de apenas 208 TEU a mais do que a MSC Gülsün.

A HMM planeja melhorar suas capacidades ambientais operando embarcações equipadas com um sistema purificador em preparação para os regulamentos ambientais IMO 2020. Um projeto de casco otimizado e um motor altamente eficiente também devem melhorar sua eficiência energética e reduzir as emissões de carbono.

Mineração Aluvial

O que exatamente é mineração aluvial? Simplificando, é a mineração de depósitos de leito de riachos (também conhecidos como depósitos aluviais ou aluvião) para minerais. Esses depósitos aluviais são formados quando os minerais são erodidos de sua fonte e, em seguida, transportados pela água para um novo local.

Quando os sedimentos são depositados, eles se assentam de acordo com seu peso, com minerais mais pesados ​​e valiosos, como ouro, diamantes e platina, muitas vezes sendo depositados ao mesmo tempo.

A mineração aluvial pode ser um processo muito simples. Por exemplo, a mineração aluvial em pequena escala realizada por trabalhadores individuais envolve cavar e peneirar materiais como lama, areia ou cascalho usando pás, peneiras ou as mãos nuas de um trabalhador.

Porém, com a simplicidade vêm as desvantagens – essas operações não são muito produtivas, carecem de segurança e tendem a ter um alto impacto ambiental. Frequentemente, também são praticados ilegalmente e fora da estrutura regulatória.

Obviamente, a mineração aluvial também pode ser realizada de forma mais eficiente e segura pelas empresas de mineração; Dito isso, com a maioria dos mineiros focados em depósitos maiores, o processo é menos comum.

Mineração aluvial de ouro

A mineração aluvial de ouro data de muito tempo – os romanos usavam a mineração aluvial para produzir ouro e, nos séculos 19 e 20, a mineração aluvial ficou famosa pelas corridas do ouro na Califórnia e no Colorado , entre outras. Uma variedade de técnicas de mineração aluvial foram usadas ao longo desse tempo, mas todas se baseavam na mesma premissa: usar água para lavar sedimentos contendo ouro.

Quando esse sedimento contendo ouro está solto (cascalho, por exemplo), a separação é fácil. No entanto, esses depósitos tendem a ter baixas concentrações de ouro. Por outro lado, quando o sedimento contendo ouro é consolidado, as concentrações de ouro são maiores, mas a extração é mais complexa, com perfuração e detonação necessárias para remover a sobrecarga.

Os sedimentos soltos contendo ouro são compreensivelmente a preferência dos trabalhadores individuais, enquanto os depósitos consolidados requerem o capital e a força das empresas de mineração. É bastante incomum ouvir falar de empresas de mineração de ouro aluvial, mas um exemplo é a Brazil Minerals (OTCMKTS: BMIX ), que opera a maior planta de processamento aluvial de diamantes e ouro da América Latina.

Mineração aluvial para diamantes

Cerca de 10% dos diamantes em bruto do mundo são obtidos por meio de mineração aluvial industrial, enquanto outros 14% são descobertos por indivíduos que usam técnicas de mineração aluvial em pequena escala. A mineração aluvial de diamantes é particularmente prevalente na África – por exemplo, a De Beers tem operações de mineração aluvial na Namíbia. E como mencionado, a Brazil Minerals está desenvolvendo a atividade na América Latina.

A mineração aluvial de diamantes é semelhante à mineração aluvial de ouro, pois envolve essencialmente a separação dos diamantes dos sedimentos. Nas operações industriais, isso é realizado de várias maneiras.

Por exemplo, quando sedimentos contendo diamantes são encontrados na costa do oceano ou em leitos de rios, eles são removidos e levados para uma fábrica onde são lavados e selecionados para diamantes. Enquanto isso, para operações offshore, navios especialmente construídos sugam sedimentos contendo diamantes do fundo do oceano e os transportam para as fábricas para triagem.

Mineração aluvial de platina

A mineração aluvial de platina é discutida com menos frequência do que a mineração aluvial de ouro e diamantes, e tem uma história mais curta. De acordo com Johnson Matthey (LSE: JMAT ), os depósitos aluviais de platina foram extraídos pela primeira vez nos montes Urais da Rússia em 1823 e, embora fossem a fonte mais dominante de platina no final do século 19, esse domínio não durou. No final da década de 1920, os depósitos de alto teor mais facilmente acessíveis haviam se exaurido.

Desde então, a mineração aluvial de platina diminuiu em grande parte para um punhado de operações de dragagem de pequena escala, embora Johnson Matthey observe que grandes quantidades do metal foram recentemente produzidas a partir de dois depósitos aluviais no Extremo Oriente da Rússia.

Moda inverno para senhoras de 50 anos

Se você está chegando perto dos 50 anos, mas ainda gosta de se arrumar e é vaidosa, saiba que o artigo de hoje vai conseguir te ajudar a se vestir aos 50 anos de forma sofisticada e elegante. 

 

Sendo assim, confira dicas de moda, para que assim, você possa conseguir se vestir aos 50 anos de forma que chame a atenção das pessoas, e com isso, elas possam ver e se perguntarem, como você consegue se vestir tão bem. 

 

Então, continue ligado no artigo e confira informações sobre se vestir aos 50 anos durante o inverno e verão e confira outras dicas relacionadas a moda para mulheres com idades mais avançadas. Tenha uma boa leitura!

Moda inverno para senhoras de 50 anos

As mulheres estão ficando cada dia mais vaidosas e com isso, se cuidando, cuidando da pele, do rosto e do corpo, e além disso, estão se vestindo cada dia melhor. Com isso, várias são as opções de peças que mulheres acima de 50 anos poderão vestir durante o inverno, exatamente pelo fato de não haver a necessidade de elas seguirem nenhum tipo de padrão, pois ninguém é melhor do que ninguém, seja lá que idade tiver.

 

Com isso, hoje em dia, é possível vermos com maior frequência, mulheres mais velhas se vestirem de forma mais sofisticada e despojada, optando por tênis, calças, conjuntinhos de alfaiataria, além de outras peças que estão super em alta no mundo da moda. Assim, confira alguns exemplos de roupas da moda inverno para senhoras de 50 anos.

 

Além do uso das famosas botinhas, os cachecóis e blazers também são peças que não podem faltar no seu guarda roupas durante o inverno, pois elas estão super presentes na moda durante essa estação do ano. Porém, se você não se sente confortável ao usar botas com saltos, você pode optar por uma sem, ou então, usar sandálias anabela ou sapatilhas, que são bem mais confortáveis.

30 LOOKS CONFORTÁVEIS PARA MULHERES ACIMA DOS 50 ANOS

A seguir, confira algumas opções de looks que você poderá montar para se vestir aos 50 anos e ficar ainda mais linda e na moda, se tornando uma mulher bem mais elegante e sofisticada. Confira:

 

Todos esses looks são confortáveis e você poderá montá-los de acordo com a forma que você se sinta melhor, pois não adianta estar elegante e bonita, ao se vestir aos 50 anos, também é muito importante se sentir bem e confortável.

Por que o futebol é o esporte mais popular do mundo?

O futebol é de longe o esporte mais popular do mundo. Seria difícil encontrar um único país que não tenha uma seleção nacional de futebol. Alguns de vocês podem se perguntar por que esse esporte se tornou tão popular em todo o mundo. Neste artigo, exploraremos este assunto em detalhes e tentaremos descobrir diferentes razões e fatores que são responsáveis ​​por fazer do futebol o esporte mais popular do mundo!

Quer ver mais notícias sobre futebol? Visite o Futeblog.

Uma breve história do futebol

A história do futebol é bastante antiga. Embora não haja uma decisão unânime sobre a origem do esporte, mas acredita-se que o futebol começou a ser praticado na China por volta do segundo ou terceiro B C. Existem outros especialistas em esportes e historiadores que não concordam com essa visão, mas eles concordam que é um esporte bastante antigo, com uma história de mais de dois mil anos. Sem nos deixarmos levar por debates que nos desviem do assunto principal, voltaremos rapidamente ao assunto principal – as razões e os fatores responsáveis ​​por fazer do futebol o esporte mais popular do mundo.

A simplicidade do jogo

Como regra de vida simples – a simplicidade atrai a todos! Pode levar algum tempo para você entender como jogar Blackjack, mas não demorará muito para chutar uma bola de futebol! Mesmo que você não consiga acertar nas primeiras tentativas, ainda assim saberá que tudo o que você precisa fazer é chutar a bola e o jogo de futebol é tão simples para começar!

Os especialistas em esportes também atribuem a popularidade do futebol à sua simplicidade. Você pode apenas ter futebol e alguns caras ou mais e isso é tudo que você precisa para começar este esporte emocionante! Uma bola de futebol não sai cara e como muita gente joga com uma só bola, é muito fácil conseguir comprar uma bola de futebol. Além disso, nos primeiros dias, as pessoas não precisavam de sapatos de espinhos ou caneleiras e outros tipos de acessórios para jogar. Eles simplesmente tinham uma bola de futebol feita de couro e simplesmente começaram a jogar.

As regras do jogo também não são difíceis de entender. São duas equipes e dois postes e o objetivo é fazer cada vez mais gols. Resumindo, a simplicidade do jogo é o principal fator pelo qual o futebol se tornou popular rapidamente.

O formato de ‘equipe’ do jogo

Outra razão importante para a popularidade do futebol é que ele é um jogo de equipe. Qualquer esporte que requeira uma equipe envolve automaticamente muitas pessoas. Um jogo padrão de futebol envolve 11 jogadores de cada lado. Agora, apenas para alguns cálculos matemáticos simples – 11 pessoas de cada lado seriam 22 pessoas ao todo. Se você incluir outros jogadores que são substitutos, referenciadores e outras pessoas que estão envolvidas diretamente no jogo, então facilmente seriam cerca de cem pessoas, mais ou menos. Cada um deles teria uma família que transforma centenas em milhares em nenhum momento!

Assim, como podemos imaginar que um simples jogo de futebol, mesmo que organizado a nível local, seria facilmente capaz de envolver pelo menos mil pessoas, direta ou indiretamente. Agora que cada uma dessas mil pessoas tem seus próprios círculos de amigos e parentes e eles gostariam que eles se envolvessem no jogo também. Toda essa matemática pode nos fazer entender a rapidez com que um esporte coletivo como o futebol pode se popularizar e gerar muito interesse nas massas!

O ângulo comercial …

A popularidade do futebol moderno é altamente atribuída ao seu fator comercial. O futebol foi capaz de sobreviver ao teste do tempo principalmente porque encontrou compradores na forma de fãs leais de futebol e, em segundo lugar, pessoas que apoiariam o esporte financeiramente. Agora, existem centenas de patrocinadores que estão sempre dispostos a investir em torneios de futebol locais, nacionais e internacionais.

Se compararmos esses dois fatores, entenderemos que qualquer coisa que tenha um apelo em massa também encontra patrocinadores automaticamente. Quando há pessoas que se interessaram em assistir a uma partida de futebol, também haverá pessoas interessadas em ganhar dinheiro com isso. São pessoas que colocam dinheiro no jogo porque vêem lucro nele. Além disso, há pessoas que estão genuinamente interessadas no jogo e, portanto, elas apóiam o jogo fazendo uma doação direta ou voluntariamente tentam levantar fundos para apoiar o jogo por causa de seus instintos naturais e amor pelo jogo .

Todos esses fatores se combinam coletivamente para tornar um esporte popular. O futebol foi abençoado com uma base real de fãs e com marketing e patrocínio internacionais soberbamente mantidos. Podemos encontrar diferentes clubes de futebol a nível local, nacional e internacional. Qualquer esporte que precise ser popular no mundo todo precisa ter uma base forte de torcida e o futebol, felizmente, tem sido capaz de acertar isso desde o início.

Conclusão

No final das contas, cada esporte é sobre seu espírito e esse é o espírito de união. Podemos começar com duas equipes tentando superar um ao outro durante o jogo, mas assim que o jogo termina, percebemos o verdadeiro espírito do jogo de união e todas as pessoas que realmente amam o jogo seriam capazes de apreciar o bem jogo jogado por cada equipe. Você pode ser um torcedor obstinado do Time AB ou C, mas se for um verdadeiro amante do futebol, você seria capaz de apreciar os jogadores individuais do time adversário, seu treinador e seu plano de jogo e a forma como a partida foi jogada. Este é o verdadeiro espírito do jogo e, de fato, esta é a verdadeira essência da vida…. de celebração, de união e de celebração e de desfrutar do jogo de futebol, e do jogo da vida juntos!

O que é a Dieta DASH e como ela pode lhe ajudar?

As Abordagens Dietéticas para Parar a Hipertensão (Dieta DASH) são baseadas em dois estudos, DASH e DASH-Sódio, que procuraram maneiras de reduzir a pressão arterial por meio de mudanças na dieta.

No estudo DASH, as pessoas receberam um de três planos alimentares: um plano semelhante em nutrientes ao que a maioria dos norte-americanos come; o mesmo plano, mas com vegetais e frutas extras; ou a dieta DASH, que é rica em vegetais, frutas e laticínios com baixo teor de gordura e baixa em gordura saturada, gordura total e colesterol.

Os resultados foram convincentes.

A dieta rica em vegetais e frutas e a dieta DASH reduziram a pressão arterial. A dieta DASH teve o maior efeito sobre a pressão arterial, reduzindo os níveis em duas semanas após o início do plano. Não apenas a pressão arterial foi reduzida, mas o colesterol total e a lipoproteína de baixa densidade (LDL) ou “colesterol ruim” também diminuíram.

No estudo DASH-Sodium, os participantes receberam um de três planos de sódio: a dieta DASH com 3.300 mg de sódio por dia (uma quantidade normal para muitos norte-americanos); 2.300 mg de sódio (uma quantidade moderadamente restrita); ou 1.500 mg de sódio (uma quantidade mais restrita, cerca de 2/3 de uma colher de chá de sal).

A pressão arterial foi mais baixa para todos na dieta DASH. No entanto, quanto menos sal as pessoas ingerem, maior é a diminuição da pressão arterial. Pessoas que já tinham pressão alta tiveram a maior queda na pressão arterial.

Por que uma pressão arterial saudável é importante?

A pressão alta faz com que o coração trabalhe mais para bombear sangue rico em nutrientes e oxigênio para o corpo. As artérias que fornecem o sangue ficam cicatrizadas e menos elásticas. Embora essas mudanças ocorram com todas as pessoas à medida que envelhecem, elas acontecem mais rapidamente em pessoas com pressão alta.

Conforme as artérias enrijecem, o coração tem que trabalhar ainda mais, fazendo com que o músculo cardíaco fique mais espesso, mais fraco e menos capaz de bombear sangue. Quando a hipertensão arterial danifica as artérias, elas não são capazes de fornecer sangue suficiente aos órgãos para seu funcionamento adequado.

Como resultado, os órgãos também podem ser danificados. Por exemplo, esse tipo de dano pode afetar o coração, causando um ataque cardíaco, o cérebro, causando um derrame, e os rins, levando à insuficiência renal.

Como o DASH difere das recomendações canadenses?

A dieta DASH não é única – é muito semelhante ao Guia Alimentar do Canadá.

O Guia Alimentar e a dieta DASH se concentram em vegetais, frutas, grãos integrais e escolhas de proteínas, como nozes, sementes, feijão, carnes magras, aves, peixes e laticínios com baixo teor de gordura. A dieta DASH também é pobre em gordura saturada, açúcar e sal.

O Guia Alimentar mudou de porções específicas para o método de prato. A cada refeição, preencha metade do prato com vegetais e frutas, um quarto com alimentos integrais e um quarto com alimentos proteicos.

A dieta DASH especifica o número de porções e o tamanho das porções para cada grupo de alimentos.

O plano alimentar DASH

Grupo de alimentos DASH:

  • Legumes
  • Fruta
  • Grãos (principalmente grãos inteiros)
  • Alimentos lácteos com baixo teor de gordura ou sem gordura
  • Carnes magras, aves e peixes
  • Nozes, sementes e feijões secos
  • Gorduras e óleos

DASH Dose Diária (exceto conforme indicado) e exemplos:

  • Legumes: 4-5 porções de 250 mL (1 xícara) de vegetais com folhas crus 125 mL (½ xícara) de vegetais cozidos
  • Frutas: 4-5 porções 1 peça média de frutas 63 mL (¼ xícara) de frutas secas 125 mL (½ xícara) de frutas frescas, congeladas ou enlatadas
  • Grãos (principalmente grãos inteiros): 7-8 porções 1 fatia de pão 250 mL (1 xícara) cereal pronto para comer 125 mL (½ xícara) arroz cozido, macarrão ou cereal
  • Alimentos lácteos com baixo teor de gordura ou sem gordura: 2-3 porções 250 mL (1 xícara) de leite 250 mL (1 xícara) de iogurte 50 g (1½ oz) de queijo
  • Carnes magras, aves e peixes: 2 porções ou menos 3 onças de carnes magras cozidas, aves sem pele ou peixes
  • Nozes, sementes e feijões secos: 4-5 porções por semana 1/3 xícara (1,5 onças) de nozes 30 mL (2 colheres de sopa) de manteiga de amendoim 2 colheres de sopa (1/2 onças) de sementes 1/2 xícara de feijões secos cozidos ou ervilhas
  • Gorduras e óleos: 2-3 porções 5 mL (1 colher de chá) margarina mole 15 mL (1 colher de sopa) maionese com baixo teor de gordura 30 mL (2 colheres de sopa) molho de salada leve 5 mL (1 colher de chá) óleo vegetal

E quanto à medicação?

Muitas pessoas precisam de medicamentos para controlar a pressão arterial e até mesmo emagrecer, como é o caso do detox caps.

Qual o próximo passo?

Um estilo de vida totalmente saudável, incluindo uma alimentação saudável, faz parte das recomendações canadenses para o controle da hipertensão.

A Heart and Stroke está envolvida no desenvolvimento de diretrizes de pressão arterial, que são atualizadas a cada ano. Para controlar sua pressão arterial e reduzir o risco de doenças cardíacas, as diretrizes recomendam que você:

  • Seja ativo por 30 a 60 minutos na maioria dos dias da semana.
  • Escolha o seguinte com mais frequência: vegetais, frutas, laticínios com baixo teor de gordura ou alternativas aos laticínios, grãos inteiros e proteínas de uma variedade de alimentos, como feijão, lentilha, nozes e sementes, carnes magras, aves e peixes. Limite os fast foods, alimentos processados, porque geralmente têm mais sódio e gordura saturada.
  • Se você estiver acima do peso, perder cerca de 5 kg reduzirá sua pressão arterial. Reduzir o peso para níveis saudáveis para a sua idade e sexo irá diminuir ainda mais a pressão arterial.
  • Coma menos sal:
    • limitar o uso de sal na cozinha e na mesa
    • evitando alimentos altamente processados
    • escolher frutas e vegetais congelados frescos ou simples
    • evitando alimentos enlatados ou preparados com alto teor de sal
    • lendo a tabela de informações nutricionais em embalagens de alimentos para o teor de sódio
    • usando outros temperos como ervas, especiarias, suco de limão e alho durante a preparação dos alimentos
  • Se você bebe álcool, limite-se a não mais que 2 doses por dia, a um máximo semanal de 10 para mulheres e 3 doses por dia a um máximo de 15 doses semanais para homens. (Não beba quando estiver dirigindo um veículo, tomando medicamentos ou outras drogas que interajam com o álcool, grávida ou planejando engravidar, tomando decisões importantes, fazendo qualquer tipo de atividade física perigosa, vivendo com dependência de álcool ou saúde mental ou física problemas ou responsável pela segurança de outras pessoas. Se estiver preocupado com a forma como a bebida pode afetar a sua saúde, fale com o seu médico).
  • Seja livre de fumo. É importante parar de fumar se você tiver pressão alta. Fumar aumenta o risco de desenvolver problemas cardíacos e outras doenças. Sua casa e seu local de trabalho também devem ser proibidos de fumar.
  • Tome seu medicamento conforme prescrito.
  • Monitore sua pressão arterial regularmente.
  • Evite beber bebidas adoçadas com açúcar. Escolha água potável, leite desnatado ou chá.

Mudar sua dieta significa um compromisso ao longo da vida com escolhas de estilo de vida mais saudáveis.

Pessoas que fazem pequenas mudanças em sua dieta durante um longo período de tempo, em vez de uma mudança dramática de uma só vez, têm maior probabilidade de permanecer comprometidas com uma dieta mais saudável.

Se você está pensando em iniciar a dieta DASH, converse primeiro com seu médico.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!