Leads

Como obter leads para seu comércio eletrônico (e vender mais)

No campo do marketing, muitos anglicismos são tratados com facilidade, que constituem seu próprio jargão que pode ser bastante obscuro para o leigo no assunto. Um deles é o termo ‘lead’, que tem vários significados em inglês. Se nos referirmos às pessoas, como é o caso em questão, uma liderança é literalmente traduzida como “quem lidera” ou “quem marca o ritmo da dança”. Eles são uma parte fundamental de qualquer estratégia de marketing, especialmente no ambiente online. Hoje vamos explicar como obter leads.

Confira também: 4 recursos online que ajudarão sua empresa a aumentar suas vendas na pandemia.

Leads

Como obter leads: O que é um lead em marketing on-line

Em termos de marketing, um lead é um cliente em potencial, entendendo como aquele que demonstrou interesse nos produtos ou serviços que oferecemos. Se tivéssemos uma loja física, um lead é a pessoa que visita a loja e nos pergunta sobre um produto, mas ainda não decidiu comprá-lo.

No campo do marketing on-line, o lead é o passo intermediário entre o público-alvo para o qual direcionamos nossa mensagem e o comprador final. É alguém que preencheu um formulário, respondeu a uma campanha de marketing por e-mail ou interagiu conosco através das mídias sociais e que “assume a liderança” sobre o resto do público para se interessar por nós.

Como obter leads: o processo

A geração de leads é um dos pilares básicos de todo marketing online. Portanto, é um objetivo principal do marketing para o comércio eletrônico, pois buscamos que os visitantes de nossa loja online cheguem com pelo menos algum interesse no que oferecemos, que pode ser convertido em um impulso de compra. Daí a ‘conversão’ do lead para o cliente.

O processo de como obter leads é mais ou menos o seguinte:Usamos o termo chumbo amplamente . Muitos autores os detalham chamando ‘leads’ apenas para as pessoas ou empresas que nos forneceram seus dados e ‘prospects’ para aqueles em quem identificamos uma oportunidade de vendas.

Aqui, usaremos ‘leads’ para abranger toda essa categoria de clientes em potencial. Em cada etapa do processo, o número de pessoas é reduzido, o que acaba assumindo a forma de um funil (conhecido como “funil de vendas” ). O marketing de entrada é a estratégia que se destina precisamente a atrair leads “à frente” do público-alvo para o qual nos voltamos. Portanto, atração e conversão são as duas palavras-chave que devemos manipular em relação a um lead.

Obviamente, não posso forçar alguém a se interessar pelos meus produtos. A liderança é, geralmente, por sua própria iniciativa. Portanto, as estratégias de atração para minha marca ou meus produtos são fundamentais em relação ao comércio eletrônico. A diferença entre um lead e as pessoas que simplesmente visitam minha loja on-line é que o lead “fez algo” respondendo às minhas sugestões ou chamadas à ação.

Na maioria dos casos, isso significa que obteremos dados do lead e que podemos entrar em contato diretamente com ele. Em outras palavras, uma vez atraído, tenho que desenvolver uma estratégia para converter leads em clientes e até mesmo em promotores da minha marca.

Como obter leads: canais para obtê-lo

Se queremos transformar parte de nosso público-alvo em leads, devemos estudar como atraí-los. No marketing online, temos três maneiras fundamentais de fazer isso:

  1. O próprio site

Alguém visitando o nosso site não faz deles uma liderança. Precisamos que essa pessoa queira se comunicar conosco ou, pelo menos, permita que nos comuniquemos com ela de uma maneira personalizada. Para isso, nosso site deve ser bem segmentado a partir da página inicial com apelos à ação. Por que alguém iria querer nos deixar seus dados se ainda não comprou nada?

Essa é a questão principal para a geração de leads. Para conseguir isso, é necessário que o fato de se registrar suponha uma contribuição de valor para o usuário:

  • Valor econômico: oregistro pode significar receber um código de desconto ou acessar ofertas especiais apenas para aqueles registrados.
  • Valor intangível: osusuários registrados podem acessar áreas restritas da web ou, mais comumente, receber um boletim por e-mail. Nesse caso, a contribuição do conteúdo de utilidade ou interesse para o usuário é o que gera valor.

Idealmente, os dois devem ser combinados . Um boletim informativo não deve ser apenas promocional, assim como não deve se limitar ao fornecimento de conteúdo interessante. Você deve ter os dois. Um elemento muito útil para gerar leads é a criação de páginas de destino. Essas “páginas de destino” são gateways alternativos para o nosso site e nos permitem focar em um segmento de público específico que pode estar interessado em um produto ou serviço específico.

As páginas de destino são, portanto, usadas para “pescar” no universo do Google para os potenciais compradores que realizam pesquisas relacionadas a esse produto específico. E, como o restante do nosso site, eles devem estar preparados para facilitar a conversão de visitantes em leads.

  1. Redes sociais

A geração de leads é, ou deveria ser, um dos principais objetivos de qualquer empresa ou marca presente nas redes sociais (neste ponto do filme, quase todas). Portanto, nossa estratégia de conteúdo nas redes sociais deve estar muito bem orientada para atingir esse objetivo.

Um seguidor nas redes sociais não é um líder. Não basta que eles nos sigam, o importante é que, através das redes sociais, conseguimos interessar uma parte de nossos seguidores o suficiente para ‘assumir a liderança’ e decidir interagir conosco em conteúdo diretamente relacionado ao nosso produtos ou serviços.

  1. Publicidade

A melhor coisa da publicidade on-line é que ela rompe a barreira da comunicação unidirecional . Um anúncio na Internet pode ser o caminho para um usuário exposto à nossa publicidade se tornar um líder. Por isso, é importante projetar essa publicidade para que ela seja atraente para o segmento que nos interessa. Se estivermos interessados ​​em capturar um lead, precisamos incluir chamadas à ação .

Podemos até converter um anúncio em um formulário em certos casos. Um esquema clássico, mas bastante eficaz, é aquele que interpõe uma página de destino, que é realmente o que anunciamos. Esta página de destino foi projetada com o único objetivo de capturar leads.

Eu já tenho uma liderança. E agora … O que eu faço com isso?

Depois de capturarmos um lead, surge a parte complicada da questão: a conversão em um cliente. É aí que você toca, já que o fato de você ter capturado um lead não implica que ele esteja preparado para comprar seu produto.

Haverá uma parte mínima que sim e uma maioria que não. Mas isso não significa que o esforço tenha sido em vão: é aí que a estratégia ‘alimenta a liderança’ (literalmente ‘a nutrição leva’). Em um post futuro, falaremos mais profundamente sobre isso, mas hoje daremos algumas pinceladas.

Uma liderança é como um troll , mas o contrário . Se o troll não precisar ser alimentado, o chumbo deverá ser alimentado para que continue assim. É disso que trata a nutrição de leads , mantendo um relacionamento vivo com seus leads, para que eles continuem sendo . Se você tem uma ‘almofada de chumbo’ permanentemente, sabe que sempre haverá alguns deles que se tornarão clientes.

 

O mercado de consorcio se tornou uma nova oportunidade de negócio para investidores

Durante a crise econômica que vivemos muitas pessoas tiveram que mudar a forma como vinham fazendo negócios e até mesmo para novos investimentos, afinal durante a crise muitas pessoas tiveram que optar por economizar pelos mais diferentes motivos.

E o mercado de consórcio acabou sendo uma alternativa muito viável para quem buscava um novo negócio, uma nova forma de estar conseguindo lucrar, tendo vários segmentos e com cada vez mais pessoas mudando a forma de investir e outras querendo se desfazer de alguns investimentos do tipo consórcios por querer economizar, e muitos viram nesse mercado uma oportunidade de investir e ainda conseguir lucrar através desse novo negócio.

É cada vez mais crescente o número de anúncios do tipo compro e vendo consórcio contemplado, afinal durante a crise muitas pessoas encontraram no mercado de consorcio uma oportunidade de investimento ou até mesmo de negócio.

Segundo o site IG, o mercado de consorcio vem sendo uma opção cada vez maior de investimento para quem quer continuar investindo em época de crise e para os que tem um olhar mais empreendedor, esse mercado pode ser uma nova alternativa de negócio rentável, por causa do aumento de procura.

É notável que muitas pessoas buscam informações sobre investir em consorcio e também há quem queira vender consórcios em andamento, mas nem sempre é fácil ter acesso a esse tipo de consorcio, então unir quem quer vender com quem quer investir, pode ser um negócio muito rentável para algumas pessoas.

Investir no mercado de consorcio é viável em tempos de crise?

As pessoas estão cada vez mais atrás de informações que possam ser uteis da melhor forma de continuar fazendo investimentos durante um período de crise, ou até mesmo alternativas viáveis para estar economizando nessa época.

Em tempos de crise a primeira opção que temos é economizar e muitas vezes é necessário fazer corte de gastos, principalmente se tratando de finanças e investimentos acabam sendo reduzidos e até mesmo cortados por necessitar de uma renda maior e é então que o consorcio acaba sendo uma alternativa.

O mercado de consorcio é uma alternativa viável de investimento em tempos de crise por se tratar de uma negociação mais barata e com juros reduzidos, em muitos casos acaba sendo viável também pelo crescente número de pessoas querendo se desfazer de consórcios contemplados, onde as pessoas podem adquirir esses consórcios com um valor bem acessível.

O mercado de consorcio cresceu muito nos últimos anos e a tendência é que esse mercado cresça ainda mais no próximo ano, por estar em alta como uma alternativa de investimento mais econômica e por ser cada vez mais uma nova alternativa para se fazer negócio.

facebook marketing

Como a sua empresa pode se beneficiar do Marketing do Facebook?

Fazer marketing do Facebook é mais do que apenas criar uma fanpage. Se você é novo no Facebook ou se sua campanha ainda não deu resultado, provavelmente você precisa de mais informações para ter sucesso.

Continue lendo para saber o que você precisa fazer para melhorar os resultados do seu negócio usando o Facebook, tanto no orgânico como com anúncios pagos.

Direcione todas as suas mensagens do Facebook para a seu público

Torne-os relevantes e deixe seus clientes e fãs saberem no que eles podem estar interessados. Não publique uma mensagem sem um propósito específico.

Os seus clientes já estão bombardeados com todo tipo de informação, por isso faça com que as suas mensagens sejam relevantes para que se destaquem no meio das demais.

Não deixe muito tempo sem publicar novas mensagens ou estará permitindo que seu público seja influenciado pelo seu concorrente. As pessoas precisam de muita informação hoje em dia para tomar suas decisões de compra.

Se elas não conseguirem o que querem de você podem ficar aborrecidas ou ficarão impacientes. Tente publicar pelo menos uma vez por dia ou, no máximo, dia sim, dia não.

Mas além de puramente postar e falar, faça da escuta a sua prioridade. Esta lição de vida também é muito importante no marketing no Facebook.

As pessoas não querem apenas te ouvir falar. Eles querem ser escutados. Isso significa ouvi-los e responder a eles nos comentários e deixar com que sintam que existe alguém de verdade do outro lado da tela.

Incentive a interação do seu público em sua página

Isto vai deixá-los ansiosos por acessar a sua página. Eles também podem contar à família, amigos ou colegas, o que significa que você terá mais visitantes. Claro, mais visitas significam mais negócios e mais vendas!

Nunca confie nos conselhos de ninguém sobre quando é a melhor hora para atualizar a sua página.

Embora uma organização sem fins lucrativos possa achar que as pessoas são mais caridosas nos fins de semana, isso não significa que seus clientes não visitem sua página nos dias de semana. Faça a sua própria pesquisa e testes para saber quando publicar e alcançar o seu público da melhor maneira.

Mantenha um relacionamento contínuo com seus clientes no Facebook. Como as pessoas percebem você e seu negócio on-line é tão importante quanto a forma como as pessoas o percebem pessoalmente.

Lembre-se que é sempre bom oferecer ofertas e promoções às pessoas.

Leia também: 10 ferramentas de marketing para vender na crise.

Profissão estofador

A profissão de estofador está voltando à tona

Muitas pessoas se perguntam o que é e o que faz um estofador; é uma pessoa que mede, corta, costura e ajusta tecido ou couro ou material de vinil para móveis, sofás, cadeiras e curativos de carros, usa grampeadores rocama etc. 

A atividade de estofador

Um estofador também pode colocar acolchoamento ou espuma de borracha e revestimentos em armações de cama, cabeceiras, carros ou barcos. Ele também pode fabricar uma peça de mobiliário para se adequar ao desejo de um cliente ou deixar de estofar e remodelar alguns móveis antigos.

Um estofador deve saber perfeitamente como medir, cortar e costurar os mais diversos materiais, desde um tecido fino até a mais espessa das peles de estofados, pois esses são os tipos de tecido mais frequentemente usados ​​para trabalhos de estofados.

Geralmente se inicia como um aprendiz em uma oficina de renome, pois é muito raro haver cursos nesse ramo. Um assistente começa com tarefas mais simples e gradualmente ganha a habilidade e a experiência para trabalhos mais complicados e refinados.

Um estofador pode trabalhar para um fabricante de móveis ou ter seu próprio negócio, onde a principal atividade é estofar móveis e carros.

Embora a maior parte do treinamento inicial de um estofador esteja no trabalho de aprendiz, pouco a pouco ele ganha experiência e habilidade ao longo dos anos e cada trabalho concluído é um aprendizado para oferecer mais qualidade para os clientes.

Veja também: Como se tornar um designer de interiores.

As ferramentas de um estofador

Ferramentas de estofamento são necessárias para começar o estofamento. Recomenda-se que sejam de boa qualidade. O resultado final do estofamento depende muito das ferramentas que usam.

Em uma oficina de estofamento profissional, existem muitas ferramentas, nem todas são usadas diariamente, mas de grampeadores rocama é. Ao longo dos anos, o estofador vai comprando ferramentas que, em certos trabalhos, ele precisa, a primeira é grampeadores rocama.

A aquisição de ferramentas de qualidade é sempre um investimento que traz economia a longo prazo.

O mínimo que você precisa para começar a estofar. As ferramentas básicas necessárias para começar a estofar coisas simples como cadeiras, bancos ou poltronas clássicas, por exemplo:

  • Grampeador rocama
  • Martelo de estofador
  • Metro
  • Agulhas curvas
  • Tesoura
  • Chaves de fenda
  • Pinças
  • Cortador
  • Serrote

Ferramentas de estofamento simples, mas eficazes

Com essas dez ferramentas simples de estofamento, você pode executar pedidos ou estofar seus próprios móveis. No mercado, existem grampeadores elétricos e pneumáticos, mas com o grampeador manual você pode estofar quase todos os tipos de cadeiras e móveis de madeira, considere ter grampeadores rocama. 

O martelo para estofados tem sua cabeça fina e é muito útil para pregar tachinhas decorativas, unhas pequenas ou para finalizar alguns grampos que não foram bem pregados.

Um medidor ou fita métrica é essencial para fazer medições de tecidos e espumas, mesmo que seja barato.

Com as agulhas curvas, você pode costurar certas partes do estofamento, especialmente em poltronas antigas. Eles geralmente os vendem para jogos com agulhas de tamanhos diferentes. 

As tesouras recomendam que sejam de boa qualidade. Eles não devem ser tesouras da mais alta faixa, mas que cortam bem. Assim como grampeadores rocama serão muito usadas

Uma chave de fenda Phillips é usada para desmontar as bases e as costas das cadeiras, entre outras coisas.

Alicates também são ferramentas básicas em uma oficina de estofados. Eles são úteis para o acabamento de grampos.

Um cortador é usado para cortar sobras de tecido.

Você se perguntará o que um serrote faz entre as ferramentas básicas de estofamento. Não é para cortar madeira. É usado para cortar pedaços de espuma espessa.

Ao trabalhar com estofados, você mesmo perceberá quais ferramentas precisa adquirir como os grampeadores rocama. Com o tempo, você pode comprar todos os suprimentos necessários incluindo grampeadores rocama e obter uma boa coleção de ferramentas que o ajudarão a oferecer um excelente trabalho.

ITCMD

Por que Devemos pagar Impostos?

O pagamento de impostos é necessário para sustentar as despesas públicas, a distribuição de renda, buscar maior eficiência da economia e amenizar as crises. Diferentes tipos de impostos estão presentes em várias atividades da vida, tanto no pagamento quanto no que se refere à finalidade da cobrança.

ITCMD

Por que devemos pagar impostos?

O número de espanhóis que trabalham no exterior cresceu por alguns anos. O fato de esses trabalhadores exercerem sua profissão fora das fronteiras nacionais tem uma série de implicações, entre as quais se destaca o promotor: se eles pagam impostos no país de destino ou, pelo contrário, seu possível status de residentes na Espanha os obriga a pagar seus impostos no seu país de origem?

Confira também: Imposto ITCMD.

Embora pareça óbvio, o primeiro passo para pagarmos impostos é que os impostos existam. Quem tem capacidade para estabelecer impostos é o Estado. As constituições dos diferentes países geralmente reconhecem a obrigação de todos os cidadãos de contribuir para a manutenção das despesas públicas e o poder do Estado de criar impostos.

Mas é claro que nos estados modernos existem vários níveis de descentralização . Por exemplo, na Espanha, temos outras administrações além da central. Existem comunidades autônomas e entidades locais, como municípios e conselhos provinciais. Em cada país, geralmente existem regras para delimitar a concorrência nos vários poderes relacionados a impostos.

Esclareceu a competência de cada nível, para que o Estado possa exigir impostos e outros impostos, a primeira coisa é estabelecê-los. Ou seja, o Estado não pode chegar e dizer a cada cidadão: “Como você é obrigado a sustentar as despesas públicas, você me pagará tanto que eu possa gastar”. Algo concreto deve ser estabelecido, essa obrigação deve ser especificada . E essa obrigação só pode ser estabelecida através de uma lei aprovada pelo Parlamento (no caso espanhol, nacional ou regional).

Mas a complexidade da vida moderna significa que somente com a lei é muito difícil determinar como os impostos devem ser exigidos. Normalmente, a lei prevê seu próprio desenvolvimento por normas aprovadas pelo governo , que dispõe de recursos materiais e humanos para aprofundar detalhes técnicos e que estão além das possibilidades dos representantes parlamentares eleitos pelos cidadãos.

Dentro da lei, é estabelecida uma peça chave chamada evento tributável . É um fato que, uma vez concluído, gera o nascimento da obrigação de pagar o imposto. Ou seja, alguns dos fatos do cidadão geram a obrigação de pagar impostos ou qualquer outro imposto. Eventos tributáveis ​​podem ser de tipos diferentes. Por exemplo, no imposto de renda pessoal é a obtenção de renda pelo contribuinte, decorrente da obrigação de pagar o imposto.

Mas uma coisa é que essa obrigação surge e outra é que ela seja paga. Pode haver cidadãos que decidam que não pagarão impostos. Portanto, a lei fornece mecanismos para impedir que as pessoas parem de pagar seus impostos . Uma vez esclarecido o que deve estar de acordo com a lei, o contribuinte pode decidir cumprir o que a Administração determina. Mas, no entanto, pode discordar. Existem mecanismos para isso. Vários tipos de recursos podem ser levantados perante a Administração e depois perante os tribunais.

IMPOSTOS

ITP, AJD e IVA: impostos sobre a habitação

AJD, ITP e IVA são três impostos que tributam a aquisição de uma casa. O AJD (Imposto sobre Atos Jurídicos Documentados) tributa documentos notariais, comerciais e administrativos. O ITP (Imposto sobre Transferência de Propriedade) é aplicado quando há uma transferência ou venda de mercadorias entre indivíduos. E o IVA (Imposto sobre Valor Agregado) tributa a troca de bens e serviços.

Por que o Estado estabelece a obrigação de pagar impostos?

A primeira razão é a manutenção das despesas públicas . A principal fonte de renda pública são os impostos, e dentro desses impostos. Outro objetivo importante é a redistribuição de renda . Para fazer isso, uma obrigação de pagamento deve ser estabelecida com base na capacidade econômica .

Os mais ricos devem pagar a maior proporção de sua renda em impostos e outros impostos. Um terceiro objetivo é buscar maior eficiência na economia. Por exemplo, os impostos podem cobrar atividades que causam danos a pessoas que não participam da decisão de realizar essa atividade. O quarto é suavizar as crises. A política fiscal pode ser um instrumento da política econômica. Nesta área, por exemplo, surge a teoria dos estabilizadores automáticos.

Obviamente, uma coisa é que esses são os objetivos principais e outra muito diferente é que eles sempre são alcançados. Pode haver situações de falta de recursos para sustentar as despesas públicas que levam a um endividamento significativo, pode haver deficiências na progressividade do sistema tributário, os impostos podem não ser capazes de fornecer eficiência ou políticas fiscais incapazes de resolver crises.

A política fiscal é um instrumento que, por vezes, atinge os seus objetivos, outros avança parcialmente em relação a eles e outros não são capazes de alcançar os efeitos pretendidos.

O que são impostos?

No caso dos impostos, eles são pagos sem receber nada concreto em troca . Especificamente porque os impostos contribuem para o apoio geral às despesas públicas, mas o cidadão não recebe nenhum benefício específico em troca dos impostos que paga.

Quais são as taxas?

No caso de taxas é diferente. As taxas são pagas em troca de algo . Por exemplo, eles são pagos em troca de algum serviço ou uso do domínio público.

O que são contribuições da Previdência Social?

Bem, eles estão, de certa forma, em uma categoria intermediária. É verdade que as contribuições para o Seguro Social são pagas para receber benefícios contributivos para o Seguro Social. Isso significa que, se não forem pagos, o direito de receber esses benefícios não será gerado.

Mas também é verdade que o pagamento de contribuições não implica que o cidadão possa reivindicar um benefício específico do Estado . Por exemplo, um cidadão pode contribuir e depois cair no desemprego. O valor cobrado dependerá do texto das regras específicas, que podem mudar e ser muito diferentes do que estava em vigor quando você pagou.

 

guia comercial local

Como fazer um guia comercial com qualidade na Internet

Você já ouviu de portais de anúncio na internet com extrema relevância como o OLX, Anunce.com, Webmotors, Imovelweb e outros, e ficou se perguntando, “Como eu posso fazer algo parecido e lucrar”?

Em um guia comercial local é possível anunciar lojas e seus serviços, possibilitando assim um portal para vendas online e você estará trabalhando para as empresas como em um serviço terceirizado.

Sendo assim, os seus anunciantes podem deixar de colocar seus produtos em sites que não convertem e não geram nenhum tipo de lucro para eles.

Tudo isso impacta diretamente na verba publicitaria da empresa, que sempre busca uma solução em marketing completa na Internet. Agora vamos te passar os principais passos para obter sucesso ao criar seu guia comercial.

Facilidade e praticidade ao anunciar na Internet

Esse é um dos serviços de maior destaque que você poderá oferecer a empresas que buscam através da tecnologia obter mais resultados.

Com isso, você pode oferecer aos clientes mecanismos de buscas mais eficientes, que estejam sempre otimizados com Google. Seus profissionais precisam ter conhecimentos básicos de SEO, para que os anúncios sejam bem detalhados e com estratégia eficiente.

Oferecer sempre promoções variadas, com ofertas acessíveis para o público, e claro colocando o que as pessoas desejam comprar.

Você precisa ter facilidade em anunciar, e gostar de fazer isso. Se fizer bem os seus anúncios, aos poucos irá adquirir mais clientes de sua região, visto as boas recomendações de seu guia WEB.

Não se esquece de divulgar os seus produtos nas redes sociais, te deixando assim mais profissional e aumentando sua visibilidade.

Alguns sites grandes como o das Lojas Americanas ainda apostam muito no telemarketing, mesmo sendo uma ação cara, provavelmente por ter clientes que ainda gostam desse tipo de comunicação. Se quer entender mais dessa tática, veja como comprar pelo telefone nas Lojas Americanas.

Como é o funcionamento do site

Pode ser necessário buscar um desenvolver WEB para fazer toda a estrutura de seu site, junto com o software e como ficará o seu layout. Um investimento muito válido, já que em qualquer negócio é importante ter uma boa identidade visual.

Não deixe de deixar o seu portal sempre bem otimizado, contando com redatores experientes e que caprichem no seu trabalho. Se isso acontecer, você poderá oferecer sempre boas remunerações para os seus profissionais.

Capriche no cadastro de seu site, editando todos os campos de sua loja virtual, além de seus serviços e ofertas. Também acrescente anúncios para divulgar suas ofertas no Google ADS.

Dicas para gerar lucro constante e tornar seu guia profissional

Coloque no Google a localização de seu escritório, para que os clientes possam programar a sua visita. Em geral assim como você, eles têm pouco tempo e precisam resolver todas as situações de maneira rápida.

Saiba divulgar as redes sociais de seu guia através de seu site ou anúncios, sempre que alguém assim clique, seja direcionado diretamente para as fanpages.

Os controles de pagamento também são importantes. Faça com que os seus clientes tenham facilidade e segurança ao executarem o pagamento na sua plataforma.

Site como o Anunce.com podem divulgar a expandir a sua marca, criando anúncios internacionais e desta maneira, te garantindo lucros em países com uma moeda até mais forte que a do Brasil, como Portugal, Inglaterra e Itália.

Confira aqui o portal da Anunce.com e veja como eles podem ajudar você a alavancar o seu negócio afinal, ele é um o maior Portal de Anúncio Classificados de lojas e serviços.

Tenha paciência no começo

Como tudo na vida e nos negócios não é diferente, obter resultados já nos primeiros dias não é nada fácil, e um guia comercial te requer paciência, principalmente em saber qual o público que você irá tentar e vender e como seguir as estratégias que colaborem com seu negócio.

Você precisa ter um site bem aprimorado, criando um guia comercial online com sucesso, e sabendo investir aos poucos, nos passos que irão aprimorar o seu negócio.

Invista em uma boa equipe de gestão, pois você não poderá controlar depois de um tempo todo o site sozinho. Você irá precisar de profissionais capacitados e que busquem crescer junto com você.

No início pode ser que escute muitas respostas negativas de clientes ao tentar convidá-los para anunciar em seu site, mas não se desanime. No futuro, pode ser eles que virão ao seu encontro.

Faça propostas que condizem com a situação do mercado

Além de elaborar uma proposta contundente, pense na situação financeira de seu cliente. Logo se o mercado melhorar, você poderá aumentar consideravelmente e assim ter lucros ainda maiores em seu guia virtual.

E pense na possibilidade de anunciar para fora do Brasil, onde alguns mercados podem te convidar a investir, visto a menor carga tributária.

Já está preparando como fazer o seu guia virtual? Siga cada uma de nossas dicas que são pensadas em sites de anuncio virtual de sucesso, como o caso do Anunce.

Se você tiver mais dúvidas, entre em contato com a gente, ou mesmo deixe o seu comentário sobre o que não entendeu sobre este artigo.

Resultado da Lotofácil concurso 1000

Resultado da Lotofácil concurso 1000

Resultado da Lotofácil concurso 1000, no artigo de hoje você vai acompanhar como foi esse resultado de número 1000 da Lotofácil.

Para você apostador que joga todas as semanas nas loterias, fique atento e veja quem foram os ganhadores desse concurso.

Antes de falarmos sobre esse resultado 1000 da lotofácil, vamos te mostrar um pouco sobre como funciona essa famosa loteria do Brasil.

É preciso entender sobre as loterias antes de começar a jogar não é mesmo?

Para isso, continue lendo o artigo até o final e entenda tudo sobre a lotofácil e as demais loterias acessando nossos outros artigos.

Então vamos ver como foi o Resultado da Lotofácil concurso 1000.

Resultado da Lotofácil concurso 1000

Como falamos acima, vamos te mostrar como funciona a loteria lotofácil, antes de falarmos sobre o Resultado da Lotofácil concurso 1000.

A lotofácil é bem simples de se jogar. O apostador escolhe de 15 à 18 números no cartão da lotofácil e ganha se acertar 11, 12, 13, 14 e 15 pontos.

O valor para jogar na Lotofácil é de R$2,50 escolhendo 15 números, para jogar com mais números o valor da aposta aumenta, consequentemente suas chances de ganhar também.

Os dias de sorteio da lotofácil são de Segunda, Quarta e Sexta à partir das 20 horas no horário de Brasília.

A lotofácil conta com a Surpresinha, um tipo de aposta que permite que o próprio sistema da Caixa escolha o jogo para o apostador.

Tem também a Teimosinha, que o jogador pode permanecer em um mesmo jogo por diversos concursos seguidos.

Resultado da Lotofácil 1000

Bom, agora que você já sabe como funciona essa loteria, vamos ver como foi o Resultado da Lotofácil concurso 1000.

Sorteado no dia 30 de Dezembro de 2013 os números sorteados do concurso 1000 da Lotofácil foi esse:

02 – 03 – 04 – 08 – 11
12 – 13 – 14 – 15 – 16
17 – 18 – 19 – 20 – 22

Os 15 pontos foram pagos para 5 apostadores, que levaram para casa o valor de R$ 360.234,73, nada mal não é mesmo?

Já os 14 pontos foram 504 apostadores sorteados que levaram para casa o valor de R$ 1.570,88.

13 acertos 17.116 R$ 12,50, 12 acertos 177.777 R$ 5,00 e 11 acertos 1.174.300 R$ 2,50. Esses foram os prêmios pagos do Resultado da Lotofácil concurso 1000.

Se você joga na Lotofácil, lembre-se que para ganhar é preciso utilizar estratégias como os fechamentos lotéricos e bolões que aumentam suas chances de ganhar.

Esse foi o Resultado da Lotofácil concurso 1000.

Os 6 elementos de caráter que levam os líderes a mudar

Quando trabalho com executivos e outros grandes empreendedores, meu foco principal é identificar os pontos fortes únicos de cada pessoa.

Esses pontos fortes devem continuar sendo estimulados e fortalecidos para que os clientes possam aproveitá-los para se tornarem o melhor líder possível.

Um efeito colateral positivo disso, é claro, é que ajuda a organização a atingir seus objetivos. Além disso, tenho que me concentrar em identificar, em parceria com cada cliente, quais necessidades de desenvolvimento devem ser atendidas.

Alterar efetivamente o autoconceito e as capacidades percebidas de um líder exige a alteração de seu reservatório de referência . Isso significa que eles devem aprender a ter sucesso. 

Criar sucesso leva a interpretar o sucesso como difundido e pessoal, como deveria ser a maneira natural. 

Ajudo os líderes a criar referências com carga mais positiva, para que logicamente concluam que as causas e conseqüências das referências são permanentes, difundidas e pessoais.

Da mesma forma, o objetivo do treinador é levar o cliente aonde ele interpreta os reveses inevitáveis ​​como menos permanente, penetrante e pessoal. 

Ajudar um cliente a atingir essa dicotomia “mais vs. menos” exige que ele corra riscos razoáveis, tome ações construtivas positivas, aceite as conseqüências, corrija o curso conforme necessário e persista na busca de mudanças construtivas positivas. 

Claro, isso é mais fácil dizer do que fazer! Um ótimo lugar para começar, no entanto, é com um sistema de valores positivos baseado na auto-afirmação. O autoconceito de uma pessoa inclui muitos elementos, além do seu reservatório de referência e sistema de crenças. Também inclui o sistema de valores no qual os elementos de caráter de uma pessoa se desenrolam. 

Quando eu, como coach, posso isolar o sistema de valores de um cliente, também isolei seu caráter, porque os dois estão inextricavelmente entrelaçados.

Líderes genuínos e autenticamente grandes possuem caráter. A palavra em si vem de uma raiz latina que significa “gravada”. Em outras palavras, o caráter de uma pessoa, gravado com cuidado e preocupação, mostra seu verdadeiro valor. 

Um personagem arrancado ou cortado com imprudência pode se transformar maravilhosamente, mas pode se tornar uma pilha de escombros. 

O problema do personagem é que ele não pode ser vestido ou melhorado esteticamente em algo bom. Deve ser intrinsecamente forte e positivo. Existem 6 elementos-chave de caráter, que consideraremos por sua vez:

  • Coragem
  • Fidelidade
  • Diligência
  • Modéstia
  • Honestidade
  • Gratidão

Coragem

Coragem é intrínseca ao caráter. A preocupação genuína, nobre e espontânea com o auto-sacrifício pelos indefesos é a verdadeira coragem e não o fanatismo. Coragem não significa sentir-se destemido, mas estar disposto a agir por convicção.

Uma pessoa pode se sentir destemida, mas às vezes age covardemente. Da mesma forma, trabalhei com executivos que se comportam com uma coragem incrível, apesar de estarem com medo. 

Também é importante não confundir heroísmo e coragem. Atos de heroísmo ocorrem todos os dias que são atos de impulso e não de caráter. 

O caráter verdadeiro tem consistência. Todos nós aprendemos sobre “heróis” em qualquer campo (atletismo, política, negócios) que, em última análise, têm pés de barro. 

Controvérsia, ruína financeira e acusações criminais podem seguir o heroísmo. Coragem não é apenas bravura em um único momento,

Uma coisa é saber o certo do errado, mas tomar a ação certa com base nesse conhecimento é a verdadeira demonstração de coragem. Líderes de coragem inspiram suas equipes a alcançar mais do que eles pensavam ser possível. 

Eles inspiram o “fazer” e o “fazer” nas pessoas. Coragem também é a base da agilidade. Não há um CEO no mundo que não queira que seus líderes e funcionários possuam mais “agilidade” quando se trata de aceitar e navegar por mudanças e interrupções, demonstrando curiosidade e quase uma fome “maníaca” de aprender e demonstrando autenticidade. versatilidade no trato com as pessoas. 

A “cultura de agilidade” em qualquer negócio começa com uma “cultura de coragem”. Se uma empresa possui uma equipe sênior de líderes que não consegue incorporar e treinar outras pessoas na essência do que é preciso para ser corajoso, então não há chance para esse negócio criar uma cultura de agilidade. O “núcleo interno” impulsiona muito o “núcleo externo”.

Fidelidade

A lealdade é o tecido da comunidade, e as comunidades e os relacionamentos se desfazem sem ela. A lealdade, a cola que mantém um compromisso mútuo, engloba a disposição de desviar elogios e sucesso em relação aos outros. 

Lealdade não é um compromisso de mão única, mas deve funcionar tanto para cima quanto para baixo. Lealdade dirigida para cima é a lealdade que você mostra aos seus superiores, temperada pela suposição de que a ordem do superior é legal e ética. A lealdade “descendente” é sobre a responsabilidade de um líder em cuidar de seu povo. É “lealdade às tropas” e é tão essencial quanto a lealdade ascendente.

Diligência

Coaching de Liderança
Não há atalhos para conquistas que valem a pena. O cliente que procura a maneira mais rápida, fácil e rápida de obter retornos elevados está fadado ao desapontamento. 

De fato, inúmeros CEOs, empreendedores e executivos seniores reforçam o conceito de que simplesmente não há substituto para o trabalho árduo. Diligência e persistência são necessárias, mas não suficientes para alcançar a excelência em liderança. 

A diligência fornece uma base sólida que pode sustentar uma pessoa diante de contratempos inevitáveis. Líderes diligentes têm desempenho constante e terminam o que começam. Os líderes mais destacados levam a sério suas obrigações e querem ser responsabilizados. 

Infelizmente, existem muitos líderes que carecem da diligência e do cumprimento de suas obrigações necessárias para alcançar e manter a excelência.

Modéstia

Modéstia não é falsa autodepreciação, mas na verdade é viver dentro de limites. É a antítese da agressividade, presunção e arrogância. 

Maioria das líderes eficazes reconhecem que eles são não“Grandes demais para falir” e estão abertas a outras perspectivas, no interesse do auto-aperfeiçoamento e aprimoramento da organização. Para o líder modesto, restrições fiscais e operacionais são salvaguardas e não obstáculos. 

Conhecer os próprios limites realmente combina perfeitamente com a dicotomia “mais versus menos”. 

A modéstia também serve para manter as emoções de um líder em equilíbrio. O treinamento de líderes para aceitar e adotar uma visão mais prudente de si mesmos envolve ajudá-los a reconhecer que sua própria necessidade de atenção pode gerar arrogância, o que resulta em alcançar menos do que se tivessem uma auto-aceitação mais calma e uma abordagem menos arrogante para lidar com os desafios.

Honestidade

Verdade e honestidade são dois pilares sobre os quais o trabalho em equipe, os relacionamentos e a energia positiva são construídos. 

Astúcia que não transborda em desonestidade é boa, e os melhores líderes perdem de bom grado acordos que exigiriam engano para vencer. 

Um lucro menor feito com honestidade vale mais do que um lucro maior feito de maneira desonesta, em outras palavras. Atos de desonestidade, como contas de despesas acolchoadas, formulários de impostos raspados, chegar tarde ao trabalho e sair mais cedo ou roubo de propriedade da empresa se acumulam e criam um ambiente tóxico. 

Um líder com maturidade e honestidade, por outro lado, está comprometido com um ambiente de liderança honesto e de alto nível.

Gratidão

Finalmente, os grandes líderes entendem em nível de alma que a essência de quem eles são está ligada à soma de suas experiências, positivas e negativas. 

Eles reconhecem que cresceram e amadureceram como líderes, experimentando altos e baixos. Além disso, eles apreciam seus reservatórios de referência como uma proporção de referências positivas para a soma total de suas experiências. 

Como uma média de rebatidas, maior é melhor, mas os ataques ocasionais de vez em quando também podem ser uma experiência de aprendizado. De fato, é isso que geralmente nos mantém em equilíbrio e nos permite apreciar ainda mais os sucessos.

Um dos maiores desafios que encontro com executivos mais jovens é que eles querem demais, muito em breve. 

Muitos não estão dispostos a ver o valor de sofrer reveses, reconhecendo que os reveses os atrasam, mas não reconhecendo as lições que eles transmitem. 

Mas esses contratempos também enfatizam a gratidão especial que vem depois que o “home run” ocorre. A gratidão de um líder destacado também é direcionada para os outros. Simplesmente dizer “obrigado” e “eu aprecio seu trabalho duro” é notavelmente poderoso no desenvolvimento do desinteresse, na gratidão e na motivação de uma equipe para alcançar coisas ainda maiores.

Limpeza pós obra é reconhecida por baixo custo

Limpeza pós obra é reconhecida por baixo custo

Público alvo é composto, em grande maioria, por empresas da construção civil

O que uma pequena reforma e uma grande construção conseguem ter em comum? Ambas são capazes de acumular muita sujeira, e só vemos a proporção disso quando a obra é concluída. Limpar requer muito esforço, uma vez que se trata de um serviço pesado para deixar tudo em ordem, tanto que é comum não dar conta de tudo sozinho. A solução vem com uma atividade bem especifica, a limpeza pós obra, que é um serviço baseado na eliminação total da sujeira acumulada em uma construção.

Normalmente, o serviço é ofertado por quem já trabalha na área da limpeza, voltada para faxina ou limpeza geral. Desta forma, eles se especializam na limpeza pós obra, para entregar um trabalho especializado. Para o serviço, são utilizados equipamentos e materiais específicos, assim ele é feito de forma ágil e pode ser entregue no mesmo dia.

O princípio básico dessa atividade é a conservação do local, que acabou de passar por uma obra e precisa parecer que nunca esteve nessa situação. Como esse ambiente recebeu uma série de resíduos, como cimento, concreto e tinta, além de outros materiais, é melhor conta com um serviço especializado. Isso porque alguns resíduos podem danificar o ambiente, caso da areia que pode arranhar revestimentos em porcelanato, por exemplo.

Serviço não é mais encara como capricho

A atividade não é algo novo que surgiu agora no mercado, ela já existe há algum tempo, mas não era tão conhecida e buscada como ocorre atualmente. Isso porque, por muitos anos, a limpeza pós obra foi encarada como um mero capricho, mas teve um quadro alterado por entrar como um serviço essencial. Basta visualizar o término da obra e o estado que o ambiente fica, para entender porque a situação mudou tanto.

É comum que as pessoas não deem conta de limpar tudo sozinho ou, em alguns casos, não possuam equipamento adequado a esse tipo de limpeza. O serviço deixou de ser encarado como supérfluo porque, muitas vezes, a estética do local é alterada senão receber uma limpeza adequada.

Sendo assim, o trabalho das empresas especializadas em limpeza pós obra também se estende a fazer com que o cliente entenda a sua importância. Essa atividade apresenta algumas vantagens, mas poucas pessoas conhecem esses benefícios.

Para o setor empresarial, o serviço se torna ainda mais essencial. Para entender, se coloque no lugar de uma construtora, que apresenta uma limpeza muito mais pesada a ser feita.

Serviço é reconhecido por ser econômico

É muito mais comum que as empresas recorram a uma faxina comum, antes de contratar um serviço especializado. O que elas não sabem é que isso pode sair muito mais caro para elas. A limpeza pós obra é reconhecida pelo baixo custo, mesmo trazendo a opção de profissionais que entendem bem do assunto.

De modo geral, o público que busca essa atividade é composto em cerca de 80% por empresas de construção civil, caracterizado como os principais clientes do ramo. Os valores trabalhados giram em torno de R$ 5 a R% 7 por metro quadrado, o que não gera um gasto alto para as empresas.

visto_eua

Vistos para viajar para os Estados Unidos do Chile: como eles são processados?

Qualquer pessoa interessada em adquirir um visto para os Estados Unidos do Chile deve demonstrar que atende a cada um dos requisitos solicitados para recebê-lo e ser capaz de entrar no país sem inconvenientes.

visto_eua

A embaixada dos Estados Unidos informa que qualquer cidadão estrangeiro que deseje entrar no país norte-americano deve obter, em primeira instância, um visto. Existem diferentes tipos de visto, dependendo exclusivamente do motivo da viagem. Precisamente, todos os indivíduos que viajam para os Estados Unidos em negócios ou turismo precisarão de vistos do tipo B1 / B2, exceto para aqueles que se qualificam para o Programa de Isenção de Vistos. Como neste caso, os cidadãos do Chile podem fazê-lo.

Qual visto é necessário se você viajar a negócios para os EUA?

É importante esclarecer que todas as pessoas que não são cidadãos ou residentes legais dos Estados Unidos e que precisam viajar a negócios precisarão de um visto B1. A Lei de Imigração e Nacionalidade informa que todas as pessoas que pretendem viajar para os Estados Unidos devem demonstrar o objetivo de sua viagem.

Sob as leis de imigração dos EUA, o Departamento de Estado é responsável pela emissão de vistos. Desta forma, um funcionário consular irá rever os pedidos de visto no momento da entrevista e é quem decidirá se a pessoa está qualificada para obtê-lo.

É importante esclarecer que a obtenção do visto não garante a entrada nos Estados Unidos, mas simplesmente indica que o requerimento foi revisado e aprovado por um Oficial Consular, que permite ao indivíduo viajar para um porto de entrada nos Estados Unidos por um visto. propósito específico

Como obter um visto de negócios?

Cidadãos chilenos devem processar o Programa de Isenção de Vistos, porque o Chile é um membro do Programa de Isenção de Vistos desde 28 de fevereiro de 2014, através do qual permite que os cidadãos dos países envolvidos viajem para os Estados Unidos para turismo ou negócios por até 90 dias. No entanto, é importante que você processe uma autorização de viagem eletrônica chamada ESTA.

Precisamente, o Sistema Eletrônico de Autorização de Viagem (ESTA) deve ser feito antes de viajar para os Estados Unidos. Assim, ao realizar o ESTA, as informações são registradas no chip do passaporte e, através dele, a autorização para entrar nos Estados Unidos é reconhecida.

Gerar ESTA é muito simples, porque em primeira instância deve planejar a viagem, como deve ser informado onde ficará hospedado durante a sua estadia se você precisar entrar em contato com você. Em seguida, preencha o formulário ESTA on-line e pague a inscrição com um cartão de crédito ou débito Visa ou MasterCard. Dentro de um período máximo de 72 horas, o candidato receberá a resposta, que, se positiva, também permitirá que ele acesse os vistos de visitante para os EUA.

No formulário ESTA você será perguntado sobre sexo, número do passaporte, nacionalidade, se você obteve a cidadania de outro país (atualmente ou no passado), endereço atual, número de telefone e informações de trabalho, que você deve Seja respondido extensivamente em inglês. Caso o ESTA seja rejeitado, um visto convencional deve ser solicitado, o qual é processado apenas no consulado oficial.