SEGURO DE CARRO: 4 VANTAGENS QUE VOCÊ PRECISA INCLUIR NO SEU SEGURO DE CARRO

Sabemos que existem vários tipos de seguro de carro, mas algumas muito altas e inacessíveis para o bolso. Nem sempre a cobertura básica é suficiente para deixar você tranquilo, pois nela muitas vezes só está incluso roubo e furto.

Ainda que você não consiga fazer um seguro de carro completo, há alguns adicionais que podem ser incluídos na apólice e podem ser diferenciais em um momento de sinistro.

Veja os diferenciais de ter um seguro de carro

1.      ASSITÊNCIA 24 HORAS

Um item superimportante para se incluir no seguro de carro, afinal de contas, imprevistos não tem hora nem local de acontecerem. Seja um pneu furado, uma chave que ficou na ignição, uma pane seca ou mecânica, não há nada pior do que ficar na mão nesses momentos. Ter o auxílio da seguradora nesses momentos é uma ótima saída.

2.      COBERTURA DE TERCEIROS OU RESPOSABILIDADE CIVIL

Acidentes às vezes são inevitáveis e em muitos casos envolvem terceiros, como outros carros e seus ocupantes e até pedestres. Se for confirmada a sua responsabilidade no acidente, ter um seguro que cubra esses danos é fundamental pois não estamos falando só de cobertura de danos de carro, mas em caso de despesas médica, hospitalares, invalidez e até morte, e é o seguro de carro que o auxiliará.

3.      COBERTURA CONTRA INCÊNDIO

Apesar de muito raro, incêndios acidentais podem acontecer e ser muito sérios, devido a existência de combustível no veículo. Uma situação como essa pode levar a perda total de um carro e das pessoas dentro dele. Por isso, é uma vantagem incluir esse item no seguro do carro. Independente de ser um fator da natureza ou mesmo uma negligência humana.

4.      COBERTURA EM VIAGENS

Nosso país conta com estradas muito ruins e infelizmente nem todos os condutores são prudentes no trânsito das estradas. Com isso você, sua família e seu veículo ficam totalmente vulneráveis. Contar o seguro de carro dá tranquilidade e segurança para viajar.

Empréstimos simulação: Como fazer simulação de empréstimos?

Para conseguir um empréstimo com as melhores taxas do mercado, é interessante realizar uma simulação para que você consiga identificar as melhores oportunidades, como taxas mais atrativas, maiores prazos e formas de pagamento. Todos os esses pontos devem ser levados em consideração no momento em que desejar empréstimos, fazer a simulação é o melhor caminho.

Para conseguir empréstimos simulação é o primeiro passo. Para que seja possível simular, é necessário que você informe algumas informações importantes para que sua simulação seja feita com sucesso, como: O valor que está buscando e em quantos deseja realizar o pagamento.

O valor das parcelas em média será demonstrado após a conclusão da simulação. O empréstimos simulação facilita o processo de solicitação, uma vez que antes era bem burocrático e restrito para um determinado grupo de pessoas. Para os empréstimos, a simulação é o caminho para conseguir ajustar o valor desejado com a sua capacidade de pagamento, para que não onere no orçamento.

Empréstimos simulação: Como encontrar a instituição certa

No momento em que estiver buscando empréstimos simulação, irá mostrar a melhor instituição financeira, já que as taxas de juros e prazos de pagamentos serão comparadas, para que você escolha aquela que melhor atenda às suas expectativas.

Precisamos ressaltar que existem instituições que concedem crédito para pessoas que estão negativadas, elas são especificas para esse fim. A maioria das financeiras que optam por trabalhar com concessão de crédito para pessoas com perfil normal do mercado operam com taxas de juros menores do que as financeiras que optam por trabalhar com pessoas com nome negativado.

Empréstimos simulação: Como funciona a aprovação?

Cabe a instituição financeira realizar a aprovação do crédito para quem está solicitando, não existe uma regra comum para conseguir o empréstimos simulação, depende de uma sequência de fatores, que vai desde tipo de perfil do solicitante, até mesmo à capacidade de pagamento mediante a comprovação de pagamentos.

Veja tudo sobre o seguro viagem Portugal

Viajar para Portugal é voltar no tempo e visitar a nossa história. O país está cercado de monumentos históricos, museus e cidades medievais, uma verdadeira aula para quem gosta de aprender sobre o nosso passado.

O país também é rico em paisagens naturais belíssimas e tem um povo acolhedor, e nós brasileiros, temos a sensação de estarmos em casa. Os atrativos turísticos de Portugal são inúmeros e você vai sair de lá sempre com um gostinho de que não viu tudo que gostaria.

Se Portugal está na sua lista de desejos, você também precisa saber mais sobre o seguro viagem Portugal e porque esse serviço é essencial para que você embarque com segurança para o país. Veja:

Seguro viagem Portugal

Se você ainda não sabe, Portugal é um dos países signatários do tratado de Schengen. O acordo que foi firmado entre a maioria dos países europeus, existe para garantir a segurança e livre circulação dos estrangeiros que por lá passam. Segundo o tratado de Schengen, todo estrangeiro precisa comprovar a contratação de um seguro viagem Portugal, com cobertura mínima exigida de trinta mil euros para arcar com despesas médicas e outros serviços essenciais para a saúde e bem-estar do viajante.

Com um seguro viagem Portugal em mãos, você estará seguro contra imprevistos e acidentes durante sua viagem. Nós sabemos que não há ninguém que planeje uma viagem e pense em passar por imprevistos ou ficar doente em outro país, mas estas são situações que estão fora do seu controle, por isso, é sempre importante se prevenir e contratar um seguro viagem Portugal de qualidade e que dê o suporte necessário se por algum motivo você necessitar. Outra dica importante, não é preciso pagar caro para se ter um bom seguro viagem Portugal, pesquise e compare os preços e escolha o que melhor atende a sua realidade financeira.

Quantas vezes para regar suas orquídeas Phalaenopsis

Você está se perguntando como regar as orquídeas phalaenopsis? Regar estas belezas tropicais pode ser confuso, mas elas são realmente fáceis de manter. Aqui estão as coisas a considerar para manter a sua saúde e boa aparência quando se trata de rega.

Phalaenopsis são as orquídeas de plantas domésticas mais populares. Mostrarei como regar as orquídeas phalaenopsis, também conhecidas como orquídeas mariposas, para que elas possam viver mais, florescer e florescer.

Quantas vezes a água orquídeas phalaenopsis

Como regra geral, a água usada para regar a minha a cada 7-14 dias com água filtrada apenas por osmose reversa à temperatura ambiente. Agora que mudei para o deserto, isso mudou. Isso irá variar para você também.

Eu gostaria de poder lhe dizer exatamente quantas vezes regar suas orquídeas phalaenopsis e quanta água para lhes dar e ser feito com este post. Infelizmente, não há uma resposta única para todos. Quando se trata de regar qualquer planta, há muitos fatores a considerar que farão com que os valores e a regularidade variem. Analisarei todos esses fatores para que você possa ver o que será melhor para sua própria situação.

Coisas a considerar quando regar orquídeas phalaenopsis

Drenagem

Esta é uma das coisas que você deve acertar: sempre deixe o dreno de água sair da panela. Raízes de orquídeas não gostam de ficar constantemente molhadas. Estas plantas são epífitas, o que significa que na natureza elas crescem em outras plantas e não no solo. Uma maneira muito comum de matar suas orquídeas é molhar a água ou deixá-las na água, o que leva à podridão.

Se a sua orquídea for plantada num vaso de plástico colocado dentro de um vaso decorativo, retire sempre o vaso de cultivo do vaso decorativo para rega. Se o pote decorativo tiver um orifício de drenagem, a água é uma maneira de sair e é isso que você quer.

Ao regar sua phalaenopsis, faça-o completamente. Não espirre um pouco de água aqui e ali a cada dois dias. Isso só pode levar a apodrecer. Se a sua orquídea estiver seca, talvez seja necessário mergulhá-la por 10 minutos, mas certifique-se de que toda a água seja drenada.

Tamanho e material do pote

Orquídeas vêm em tamanhos diferentes. Eu tenho um phal em miniatura em um pote de 3 polegadas. Esta orquídea precisa de rega com mais freqüência do que as maiores em vasos profundos de 6 ″. Uma orquídea em um vaso maior precisará ser regada com menos freqüência, mas precisará de mais quantidade de água. O material do pote também fará diferença. Aqueles em plástico vão secar um pouco mais lento do que aqueles plantados em terracota porosa.

Meio de plantio

Estas orquídeas podem ser plantadas em casca de orquídea, musgo ou uma mistura (as misturas podem incluir casca, pequenas pedras, musgo, rocha de esponja e até mesmo cortiça). Nem pense em plantá-las no solo. Se sua orquídea for plantada em casca, você precisará regá-la com mais frequência do que se ela estiver plantada em musgo. A casca irá ajudar a drenar a água com facilidade, onde o musgo irá manter a umidade por mais tempo. Eu prefiro a casca ou misturas que são predominantemente casca porque a rega é muito mais fácil para eu acertar.

Regra geral:

As orquídeas Phalaenopsis em casca são regadas a cada 7 dias e as plantadas em musgo são regadas a cada 12 a 14 dias.

Algumas das formas mais populares de se vestir orquídeas são musgo, casca, seixos e lascas de vidro. Qualquer um deles fará sua orquídea secar um pouco mais devagar.

Qual a temperatura e umidade em sua casa?

Dependendo de onde você mora, a temperatura e a umidade da sua casa variarão, assim você precisará ajustar a rega de acordo. As orquídeas se saem melhor com níveis de umidade entre 55 e 75%. Eu costumava viver 8 quarteirões de distância do Oceano Pacífico em Santa Barbara, CA. Agora, eu moro no deserto de Sonora em Tucson.

As condições de temperatura e umidade em minha casa mudaram drasticamente.

Agora preciso regar mais vezes. Em vez de cada 7 a 14 dias, eu agora rego a cada 4-7 dias. Quando a umidade é particularmente baixa e os tempestades são altos, eu vou mergulhar minhas orquídeas por 15 minutos para ter certeza de que elas tomarão uma boa bebida.

Se as condições da sua casa estiverem naturalmente úmidas, suas orquídeas só precisarão de rega regular. Mas, se suas condições estiverem secas, eu recomendaria borrifar as folhas com um spray de água a cada dois dias. Certifique-se de evitar a nebulização das flores.

Outras maneiras de aumentar a umidade de suas orquídeas é colocar as plantas em cima de pedras molhadas ou obter um umidificador de ar . Eu mantenho o meu em cima de pedras em um pires cheio 3/4 do caminho com água. Você quer que o pote esteja em cima das pedras e não submergido na água.

Um pequeno umidificador por perto fará, mas apenas certifique-se que não está muito perto, porque você não quer queimar a planta. Outra ótima maneira de aumentar a aposta é mantê-los em lugares naturalmente úmidos da casa, como banheiros ou cozinhas. Certifique-se de que há muita luz natural para eles.

A frequência da água também precisa ser adaptada para as diferentes estações do ano. Ar condicionado e sistemas de aquecimento tendem a secar o ar, então leve isso em consideração também. As plantas precisam ser regadas menos no inverno porque há menos luz e essa é a estação em que elas descansam.

Qual é o tipo certo de água para regar minhas orquídeas?

Minha água da torneira em Santa Barbara foi extremamente difícil, então eu tinha um sistema de água potável de osmose reversa. Eu usei cloreto de potássio no tanque do lado de fora e é isso que eu usei para regar minhas orquídeas e plantas de casa.

Há muitas opiniões sobre qual é o tipo certo de água para as orquídeas. Alguns usam destilados ou purificados, outros osmose reversa e há aqueles que gostam de coletar a água da chuva. Faça uma pequena pesquisa sobre a água que você está usando e veja o que é melhor para você. Sua água da torneira pode estar bem.

A menos que você esteja usando água da chuva, você precisará suplementar com fertilizante para que suas orquídeas consigam os nutrientes de que precisam. Este é o fertilizante que eu uso no meu uma vez por mês a meia força. Foi recomendado por um produtor de orquídeas phalaenopsis por atacado.

Como regar sua orquídea phalaenopsis com cubos de gelo e por que eu não

Regar suas orquídeas phalaenopsis com cubos de gelo parece ser muito popular, embora eu nunca tenha tentado. O que eu descobri depois de algumas pesquisas e perguntas é o seguinte:

– Para tamanho pequeno, as orquídeas usam 1 cubo de gelo por semana.
– Para orquídeas maiores, faça 2-3 cubos por semana.

A teoria por trás de usar cubos de gelo para regar suas orquídeas é que elas absorvem a água lentamente, em vez de todas de uma só vez. Isso evitará que eles se afoguem. É uma técnica lenta de rega por gotejamento.

Não rego as orquídeas Phalaenopsis com cubos de gelo por 2 motivos.

Eu posso controlar as chances de overwatering, levando-os para a pia e deixando a água escorrer para fora. É assim que eles são regados na natureza enquanto crescem em outras plantas e rochas e os chuveiros sopram. Em segundo lugar, estas são plantas tropicais que gostam de condições acolhedoras quando se trata de temperatura. Eu não posso imaginar que eles gostam de água gelada derretendo neles!

As razões pelas quais essas orquídeas são tão populares são muitas

– Eles sao faceis de encontrar. Você provavelmente já as viu enquanto fazia compras em Ralphs, Trader Joes ou em outras grandes lojas, junto com centros de jardinagem e floristas. Não há escassez deles.
– Orquídeas Phalaenopsis não são tóxicas para gatos ou cães , tornando-as boas candidatas para os amantes de animais de estimação.
– Estas orquídeas são uma das mais fáceis de cuidar e são bastante resistentes.
– Eles podem ser usados para decorar e animar qualquer espaço por causa de suas flores alegres que podem ser encontradas em uma variedade de cores. Você pode até encontrá-los em cores de pedras preciosas, como safira e esmeralda!

Na próxima vez que você estiver regando suas preciosas orquídeas phalaenopsis, lembre-se

– Não molhe mais; ou fazendo isso com muita freqüência ou deixando-os sentar na água.
– Não use água com alto teor de sal ou minerais.
– Considere a situação ambiental em que eles estão para determinar com que frequência fazê-lo.

Você tem alguma coisa para compartilhar sobre como regar suas orquídeas Phalaenopsis?

Por favor, deixe-me saber nos comentários abaixo!

Feliz jardinagem interna,

curso de Paternidade Responsável

Curso de Paternidade Responsável Aumenta a Licença Paternidade

O curso é destinado a um pai novato e para aqueles que desejam receber um certificado de extensão de licença de paternidade de acordo com a Lei 13.257 / 16.

Este é um Curso de Paternidade Responsável online inteiramente dedicado ao pai, que aborda os principais aspectos relacionados à sua vida e relacionamento também com outro homem, até primeiros meses de vida da criança.

No final do curso de Paternidade Responsável, o pai será capaz de realizar as principais tarefas associadas ao bebê (trocar fraldas, trocar de roupa, tomar banho, tratar o umbigo, etc.).

O curso ainda é válido para a renovação da licença de paternidade, de 5 a 20 dias, conforme determina o art. 38 da Lei 13.257 / 16. (Para funcionários de empresas civis).

Atualmente, o curso é oferecido a indivíduos, grandes empresas, instituições de ensino, hospitais e maternidades.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO PATERNIDADE RESPONSÁVEL

  • A importância da presença na gestação, parto e chegada do bebê
  • Vivenciando Cada Trimestre da Gestação
  • Vínculo Pai x Filho
  • A Licença Paternidade
  • Cuidados com o Bebê
  • Planejando o Futuro
  • A Nova Família: Bebê, Casamento e Vida Pessoal

Acreditamos que quanto maior a conexão entre a criança e seus pais, mais segura ela se sentirá. A qualidade dessa relação fortalece a criança e seus pais, contribuindo para a criação de uma sociedade que valorize a paz, a tolerância e a solidariedade.

Como acreditamos na importância desse relacionamento, nosso curso de Paternidade Responsável prioriza os assuntos que vão desde a gravidez até a chegada do bebê e os primeiros passos nesses importantes relacionamentos.

A nova família brasileira se dá um casal que vive com amor, respeito e responsabilidade. Um filho pode ter 2 pais ou 2 mães. Mas esse curso tange na lei para extensão da licença, visto que é um incentivo do governo fazer com o pai passe mais tempo com o recém nascido.

Enfim, o curso além de ajudar na aprendizagem dos pais para aquele primeiro contato com o bebê ajuda também a unir mais família nesses primeiros dias do bebê.

Veja tudo sobre o seguro viagem Alemanha

A Alemanha é um destino de viagem realmente fascinante. Tem belos castelos, monumentos históricos, cultura riquíssima e ímpar. O país que deu a volta por cima e foi reconstruído após guerras mundiais, hoje é um dos países mais ricos da Europa e uma potência tecnológica e de inovação. Portanto, não é à toa que muitos brasileiros escolhem a Alemanha como um dos destinos para se conhecer na Europa.

Mas, se você planeja conhecer a Alemanha, precisa contratar um seguro viagem Alemanha, o seguro além de ser a opção mais recomendada para ocasiões de imprevistos, é uma obrigatoriedade por causa do tratado de Schengen e a Alemanha faz parte desse acordo. Veja a seguir tudo sobre o seguro viagem Alemanha e tire suas dúvidas antes de viajar!

Seguro viagem Alemanha

O tratado de Schengen, é um acordo feito em entre grande parte dos países da Europa. São signatários desse tratado os 26 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. Este acordo determina que todos os estrangeiros tenham obrigatoriamente, um seguro viagem para que possam ingressar e transitar pelos países. O seguro viagem Alemanha pode ser solicitado por um agente na imigração, e se você não comprovar que tem um, pode ter que retornar ao Brasil. Por isso, não deixe de cumprir as regras europeias e contrate o seu seguro viagem Alemanha.

O seguro viagem Alemanha precisa ter cobertura mínima de 30.000 mil euros para atendimento médico e hospitalar emergencial. Além disso, um seguro viagem Alemanha de boa qualidade possui também: Seguro para extravio de bagagem, auxílio farmácia, seguro para invalidez parcial ou total, repatriação médica, translado de corpo, auxílio funerário, seguro para cancelamento de viagem e suporte jurídico.

4 opções de empréstimo pessoal que costumam ter juros mais baixos

O empréstimo pessoal é uma opção de crédito muito conhecida pela comodidade que proporciona às pessoas. É possível resolver os problemas de ordem financeira ou realizar um grande sonho sem precisar justificar a utilização do dinheiro.

Entretanto, isso significa que as taxas geralmente são uma das mais altas do mercado, o que pode desmotivar muita gente. Ainda assim, há modalidades que podem contornar essa situação, confira alguma delas a seguir.

Empréstimo pessoal com garantia de imóvel ou automóvel

Nesses modelos de empréstimo pessoal, é possível refinanciar algum dos seus bens. Os juros ao refinanciar um imóvel, por exemplo, são mais atrativos do que quando se refinancia um carro ou uma moto.

Ainda assim, ambos são boas opções. O cliente poderá utilizar os bens e até vendê-los, desde que o valor seja destinado a quitar a dívida.

Empréstimo pessoal com antecipação do 13° salário

O banco ou financeira cobra o valor do crédito no dia em que o décimo terceiro é depositado em conta. Com essa garantia de pagamento, os juros costumam a ser mais baixos.

Nessa opção deve-se ter muito cuidado para não atrapalhar o orçamento, já que muitas pessoas contam com o 13° para fazer algumas coisas de início ou final de ano.

Empréstimo pessoal com garantia do FGTS

Esse tipo de empréstimo pessoal é ideal para quem trabalha de carteira assinada. Você pode solicitar um valor referente a 10% do seu FGTS mais o valor da multa de 40%.

As parcelas serão descontadas na folha como a modalidade de crédito consignado, sendo que, em caso de demissão, a instituição tem a garantia de que a dívida será paga.

Empréstimo pessoal com garantia de previdência privada

Neste caso, o solicitante utiliza dos seus fundos de investimento em previdência privada – PGBL e VGBL – como garantia no empréstimo.

Como sempre, o fato de ter uma garantia do recebimento do pagamento fazer com que as taxas de juros aplicadas sejam mais baixas.

Seguro auto Simulação: Veja como simular o seguro auto para seu veículo

Se você está pensando em realizar a contratação de um seguro para seu veículo, tenho certeza que o preço é algo que mais se considera para fechar o negócio. No mercado existem muitas seguradoras que cobram preços altíssimos caso você não consiga preencher o perfil ideal ou, se o seu veículo não está no ano ou modelo que é estabelecido por eles. A melhor forma de escapar dessas enrascadas é comparar preços e para isso você deve realizar um seguro auto simulação.

Ao fazer o Seguro Auto Simulação, você consegue identificar os valores cobrados pelas seguradoras e as coberturas que serão oferecidas para o seu veículo. Com isso, você pode comparar os preços e as coberturas e ver qual opção atende melhor o que você está procurando.

Como fazer um seguro auto simulação?

Hoje em dia, quase todas as empresas que oferecem seguros para veículos possuem serviços para simulação do seguro em seu próprio site. Dessa forma, elas possibilitam que você busque informações de onde estiver, sem ter que se deslocar até uma unidade física.

Para fazer um seguro auto simulação no site das seguradoras você vai precisar preencher diversas informações, para que elas analisem seu perfil e te informem exatamente o preço que irá ficar o seguro. Por isso, separamos para você quais são esses dados, para que você já esteja preparado:

  • Dados pessoais: Nome, número de documento, endereço, formas de contato;
  • Dados do veículo: Marca, modelo, ano de fabricação, combustível, cor, número da placa, se existe blindagem, se é veículo de leilão, se é veículo recuperado;
  • Dados do cotidiano: se possui garagem na residência e no trabalho, tipo de portão da residência e do trabalho, se possui porteiro, distância percorrida diariamente;

Após preencher esses dados, você terá disponível os valores cobrados, formas de pagamento e coberturas oferecidas. Assim, fica bem mais fácil comparar e contratar a opção que mais se encaixa no seu orçamento.

7 Mudanças Mentais que Me Fizeram Milionário aos 22 Anos

Tenho 22 anos. Nos últimos 12 meses, tenho gerado muito dinheiro em comissões em uma das indústrias mais competitivas do planeta, onde meu concorrente médio tem, pelo menos, o dobro da minha idade e 10 vezes mais posses do que o meu negócio. Eu tenho um mestrado em uma universidade de prestígio, que recebi quando eu tinha 20 anos, após pular quatro anos de escola. Já viajei para mais de 50 países, completei 13 triatlos e tenho uma vida extremamente feliz e estimulante.

7 Mudanças Mentais que Me Fizeram Milionário aos 22 Anos

As coisas vão muito bem – mas o futuro nem sempre foi tão brilhante principalmente quando eu trabalhei com polimento de pisos mármore granito rio de janeiro rj.

Quando eu terminei a pós-graduação, me mudei para Califórnia para lançar um novo escritório para o negócio imobiliário da minha família. Os primeiros meses foram brutais, e eu rapidamente cheguei à conclusão de que o sucesso que teria (se tivesse) seria astronomicamente mais difícil do que eu jamais poderia ter imaginado. Apesar de ser competitivo e obstinado por toda a minha vida, me encontrei querendo saber como realmente me sobressair no mundo real, quando tudo finalmente importava.

Depois de reinventar a roda para o meu tempo, percebi que o segredo para o sucesso milenar no mundo dos negócios é uma combinação de garra e pensamento criativo. Aqui estão as sete mudanças mentais que eu implementei para turbinar o meu crescimento.

  1. Idade é apenas um número.

Abrace a sua juventude com todo o coração. Se você usar sua idade como um ativo, o que pode ser feito de várias maneiras, isso pode ser um diferenciador extremamente poderoso. O momento em que você começa a se dar uma desculpa para não ser bem-sucedido é o momento quase certo do fracasso.

Se você acredita que realmente pode fazer isso, então você vai fazer isso. Além disso, não há nada que as pessoas queiram ver mais do que um jovem trabalhador, profissional inteligente e dedicado que alcança o sucesso. Crie uma bola de neve de impulso que faz com que as pessoas queiram ser uma parte de sua vida.

  1. Reinvista em si mesmo.

O investimento mais seguro que eu já fiz está no meu futuro. Leia pelo menos 30 minutos por dia, ouça podcasts relevantes enquanto dirige e procure mentores que realmente façam a diferença. Você não precisa ser apenas um mestre em seu campo, você precisa ser um gênio capaz de falar sobre qualquer assunto, seja ele relacionado a finanças, política ou esportes. Consuma conhecimento como você consome ar e priorize sua busca de aprendizagem acima de tudo.

Eu também acredito que é extremamente importante mimar-se de forma saudável, a fim de recompensar seu trabalho duro e evitar o estresse. Considere mergulhar em experiências memoráveis e pequenos luxos que irão melhorar o seu estilo de vida. Toda semana, sem falta, eu recebo uma incrível massagem relaxante, e isso me fornece um dos melhores picos de produtividade.

  1. Evite a decisão por fadiga.

A atenção é um recurso finito e diário que pode ser um gargalo na produtividade. Não importa a resistência mental desenvolvida ao longo do tempo, sempre haverá um limite onde você quebra e seus esforços restantes para o dia tornam-se abaixo do ideal.

Conserve o seu poder mental, tomando decisões facilmente reversíveis tão rapidamente quanto possível e planeje, de forma agressiva, as ações recorrentes, de modo que você possa executar tarefas simples no piloto automático. Eu sei o que estarei vestindo para trabalhar e comer no café da manhã todos os dias da próxima semana. Você sabe?

  1. Construa uma mente resiliente.

O maior diferencial entre a mediocridade e o sucesso meteórico é a capacidade de trabalhar de forma produtiva por horas. Estas longas extensões acontecem quando um trabalho importante é quase exclusivamente concluído. Foco é fundamental e, sem desenvolver intencionalmente a resistência mental, você não será capaz de competir eficazmente com aqueles que têm sistematicamente construído sua resistência ao longo de décadas no mundo dos negócios.

Esteja consciente de suas habilidades e das distrações, e reconheça quando você começar a perder o foco. Faça uma análise completa de suas atividades diárias todas as noites e sempre busque oportunidades de melhoria.

  1. Pense grande. Seja grande.

A ciência por trás do estabelecimento de metas e sua notável capacidade de acelerar o sucesso é infalível. Se você ainda não tem seus objetivos de um, cinco e dez anos escritos em um lugar visível para você em uma base diária, faça-o agora. Eu leio os meus assim que acordo todas as manhãs. Agora pergunte a si mesmo: “o que teria que acontecer para eu cumprir as minhas metas de 10 anos em apenas um”?

O poder inerente de manter a coerência com os seus objetivos reconhecidos pode trabalhar tanto positiva como negativamente, e é motivo de preocupação se você se ancorar a uma linha do tempo mais lenta de conquista. Esteja atento e diligente em traçar um caminho ideal que o empurre ao seu limite.

  1. Seja metódico.

Planeje seu trabalho e então trabalhe seu plano. Talvez meu maior avanço tenha sido a automação em larga escala dos meus sistemas de marketing. Eu criei um processo que me permitiu quintuplicar a minha saída comercialização, aumentando consideravelmente a minha taxa de conversão.

Siga uma ordem lógica e crie o seu conteúdo de forma persistente, sem nunca se tornar irritante. O seu negócio não tem nada a ver com vendas? Você pode ter uma abordagem semelhante para qualquer posição analítica, criativa ou administrativa através do desenvolvimento de sistemas organizacionais rígidos que ajudam a melhorar a sua eficiência quando confrontados com tarefas repetitivas.

  1. Acredite em você.

Se você não acreditar, então quem irá? Alguém tem que fazer isso, e nada está impedindo você de ser a pessoa que realiza seus sonhos. Quase todas as pessoas que já falharam tiveram uma desculpa. As pessoas de sucesso têm histórias dos desafios que superaram com soluções criativas. No momento em que você se sentir confiante de que não há nada que não possa aprender ou desenvolver para resolver o mais complexo dos problemas, este é o momento de grandeza garantida.

Se você ainda não tem certeza de como começar, comece com a promessa de trabalhar para a realização de excelência consistente a cada momento de cada dia. Este é o bloco básico de construção e de mentalidade com a qual eu estou construindo minha carreira.

Mantenha as coisas simples e lembre-se que o sucesso não é um direito. Se você realmente quer se destacar, tem que chegar lá e ganhá-lo todos os dias pelo resto de sua vida.

O que é uma dieta rica em proteínas e o que comer

A maioria das pessoas pode seguir uma dieta rica em proteínas comendo carne, peixe , produtos lácteos, feijões e legumes, ovos e vegetais que são relativamente ricos em proteínas, como aspargos e espinafre .

As pessoas com essa dieta muitas vezes optam por reduzir a ingestão de carboidratos , o que pode envolver a limitação do consumo de alimentos altamente processados, pão e outros produtos de panificação, doces e massas e arroz branco.

Existem alguns planos bem conhecidos de dieta rica em proteínas, como a dieta de Atkins . No entanto, uma pessoa pode aumentar sua ingestão de proteína por conta própria, com ou sem ajustar a ingestão de outros grupos de alimentos.

Neste artigo, explicamos como comer uma dieta rica em proteínas, alimentos para incluir e excluir e os potenciais efeitos adversos da adoção desta dieta.

Benefícios

Além de ajudar na perda de peso, a proteína fornece ao corpo alguns benefícios essenciais. Os benefícios da proteína incluem:

  • fornecendo enzimas que ajudam a alimentar milhares de reações químicas em todo o corpo
  • ajudando o corpo a manter e a reparar cabelos, pele, músculos e ossos
  • certas proteínas são necessárias para produzir hormônios que ajudam os órgãos do corpo e as células a se comunicarem

A proteína também fornece aminoácidos. Existem 22 aminoácidos, nove dos quais são essenciais para obter da dieta porque o corpo não os produz.

Proteína de animais tende a conter todos os aminoácidos, então as pessoas se referem a ela como uma proteína completa. Em contraste, muitas proteínas vegetais fornecem apenas alguns dos aminoácidos, o que significa que as pessoas precisam combiná-las com outras fontes de proteína para obter todos os aminoácidos essenciais.

O que a ciência diz?

Tem havido muita pesquisa sobre o papel da proteína na perda de peso a curto prazo e ganho muscular. No entanto, os efeitos a longo prazo de uma dieta rica em proteínas requerem mais estudos.

Alguns estudos sugerem que os problemas de saúde podem resultar da ingestão de uma dieta rica em proteínas por longos períodos. Os autores de um artigo de revisão com foco na dieta rica em proteínas alertaram que isso poderia levar a uma maior carga de ácido para os rins e que as pessoas podem estar em risco das condições de saúde que acompanham a ingestão de grandes quantidades de gordura animal.

Além disso, dietas que limitam carboidratos podem prejudicar a saúde de uma pessoa. Crianças e adolescentes correm um risco especial de desnutrição por ingerir carboidratos insuficientes.

Ainda assim, a maioria das pesquisas indica que dietas ricas em proteínas são benéficas para a perda de peso, pelo menos a curto prazo.

Como comer uma dieta rica em proteínas

Há muitas maneiras possíveis de incluir mais proteína na dieta, mesmo para aqueles com outras restrições alimentares.

Por exemplo, pessoas que seguem uma dieta vegetariana ou vegana ou aquelas que evitam laticínios ainda podem consumir uma dieta rica em proteínas.

As pessoas podem ajustar sua dieta atual para incluir mais proteína ou seguir um plano específico de dieta rica em proteínas.

Seguir os passos abaixo pode ajudar uma pessoa ao iniciar uma dieta rica em proteínas:

  • descobrir as suas necessidades individuais de proteína, o que dependerá do seu peso corporal
  • fazendo planos de refeição para a semana
  • encontrar e usar proteínas de alta qualidade
  • incluindo pelo menos 25-30 gramas (g) de proteína em cada refeição
  • manter um diário de alimentos para rastrear a quantidade e os tipos de alimentos que eles comem
  • comendo refeições bem balanceadas
  • incluindo fontes vegetais e vegetais magras de proteína na dieta

Alimentos para incluir e excluir

Escolher os alimentos certos quando comer uma dieta rica em proteínas é importante para a máxima eficácia.

Abaixo estão algumas excelentes opções de proteína que podem ser adequadas para uma variedade de planos dietéticos:

  • ovos
  • cortes mais magros de carne
  • peitos de frango
  • peitos de peru
  • feijão, como grão de bico ou feijão preto
  • camarão
  • nozes e sementes, como sementes de abóbora , amendoim e amêndoas
  • peixe, incluindo salmão, linguado e arinca
  • pão de grãos germinados, como o pão de Ezequiel
  • whey ou shakes de proteína vegetal
  • lentilhas
  • Quinoa
  • grão de bico
  • aveia
  • produtos lácteos, como iogurte grego, leite de vaca ou queijo
  • vegetais, incluindo couves de Bruxelas e brócolis

Pessoas com restrições alimentares necessárias também devem continuar excluindo alimentos inadequados. Por exemplo, uma pessoa que tem intolerância à lactose não deve usar produtos lácteos para aumentar sua ingestão de proteína.

Uma pessoa geralmente também deve evitar os seguintes alimentos como parte da dieta rica em proteínas:

  • produtos que contêm açúcar refinado, como doces, assados ​​e refrigerantes
  • alimentos altamente processados
  • alimentos que os fabricantes comercializam como produtos “dietéticos”, pois muitas vezes contêm quantidades excessivas de adoçante artificial

Para saber qual é a melhor forma de emagrecimento rápido e outras, clique aqui e conheça mais

Riscos

A maioria das pessoas pode seguir com segurança uma dieta rica em proteínas, pelo menos por um curto período.

Enquanto alguns estudos indicam que altos níveis de proteína podem afetar negativamente os rins, outra pesquisa mostra que pessoas com rins saudáveis ​​não experimentam nenhum efeito adverso.

No entanto, evidências clínicas sugerem que pessoas com doença renal não devem comer uma dieta rica em proteínas.

Da mesma forma, parece que as pessoas que são suscetíveis a pedras nos rins devem evitar dietas ricas em proteínas, particularmente aquelas que incluem muitas proteínas animais.

Pessoas com outras condições médicas devem falar com um profissional de saúde antes de adotar uma dieta rica em proteínas.

Embora estudos de curto prazo demonstram que dietas ricas em proteínas podem estimular a perda de peso,

É importante lembrar que não há pesquisas que analisem os efeitos a longo prazo das dietas ricas em proteínas na saúde geral.

Mais esclarecimentos

As pessoas que desejam adotar uma dieta rica em proteínas podem seguir um plano de dieta existente ou ajustar a ingestão de proteína para atender às suas necessidades. No entanto, aqueles que querem aumentar sua ingestão de proteínas devem ter como objetivo que cada uma das refeições inclua 25 a 30 g de proteína.

As pessoas devem se concentrar em comer uma combinação de proteínas animais magras e proteínas à base de plantas para obter melhores resultados. Qualquer pessoa com doença renal não deve seguir uma dieta rica em proteínas.

Um profissional de saúde ou nutricionista pode fornecer mais conselhos sobre como iniciar uma dieta rica em proteínas e como aumentar a ingestão de proteínas de forma saudável.